Proposta de deságue na Praia de Tucuns é contestada pelo MPF

Após repercussão sobre a proposta do Governo Municipal de Búzios para despejar água no mar de Tucuns, MPF cobra explicações

Em continuação às discussões sobre o despejo de águas no mar da Praia de Tucuns, em Búzios, provindas de bairros como Cem Braças, o Ministério Público Federal (MPF), emitiu uma notificação à Secretaria Municipal de Obras e ao Inea, cobrando um posicionamento.

O órgão pediu esclarecimentos sobre a notícia comunicada pelo vereador Lorram, que afirmou que o Inea teria autorizado as obras de deságue na praia, por meio de tubulações de águas pluviais.

Além disso, o ministério pediu para que os órgãos enviem um documento com cópia do procedimento administrativo municipal, assim como o licenciamento ambiental para a medida.

A situação preocupa a sociedade civil por conta dos riscos ambientais que podem ocasionar, uma vez que a água provinda dos bairros ao redor da praia podem conter, além de resíduos pluviais, esgoto.

Nesta quinta-feira (25), o prefeito Alexandre Martins e o vereador Lorram se pronunciaram publicamente sobre o caso.

O MPF estabeleceu um prazo de 20 dias para receber as respostas. O despacho foi emitido por meio da Procuradoria da República de São Pedro da Aldeia, e foi assinado pelo Procurador da República, Leandro Mitidieri.

O documento pode ser conferido na íntegra por meio do link.

A Prensa enviou questionamentos aos órgãos citados e aguarda respostas.

Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen lisans satın al office 2019 satın al follower kaufen instagram follower kaufen porno