Sinpro Macaé comemora arquivamento do PL que trata educação como atividade essencial na pandemia

O Sindicato sempre foi contra às voltas as aulas enquanto os profissionais da educação e alunos não forem vacinados.

Após muita pressão do Sinpro Macaé, a Câmara Municipal arquivou o Projeto de Lei 022/2021 que regulamentava a educação como atividade essencial durante a pandemia da Covid-19. O Sindicato sempre foi contra às voltas as aulas enquanto os profissionais da educação e alunos não forem vacinados.

Mesmo sem apresentar um cronograma que coloca a comunidade escolar entre os grupos prioritários no calendário vacinal, os vereadores estavam dispostos a flexibilizar o retorno as aulas no pior período de infecção do coronavírus.

No dia 16 de março, representantes do Sindicato dos Professores de Macaé e Região, que contempla oito municípios, fizeram um ato simbólico para pressionar os vereadores a não aprovarem o PL. Naquele momento, a proposta, que tramitava em regime de urgência, foi suprimida diante do clamor do Sinpro que articulou o movimento com outras entidades representativas.

O Sindicato tem buscado diálogo com o poder executivo desde o início da pandemia | Foto: Divulgação/Sinpro Macaé

O Sindicato tem buscado diálogo com o poder executivo desde o início para, junto, construírem um protocolo de enfrentamento à doença específico aos profissionais de educação. Caso fosse aprovado, o PL colocaria em risco não somente os trabalhadores, mas toda uma cadeia que inclui familiares, muitas vezes do grupo de risco como idosos e portadores de doenças crônicas.

Se fosse reconhecida como “essencial”, o retorno as aulas presenciais faria com que discentes e docentes voltassem a circular pela cidade, aumentando aglomerações nos espaços públicos como pontos de ônibus e transportes públicos, o que a comunidade científica, insistentemente pede para que não aconteça.

“Diante da pandemia é normal que possa vir um desânimo diante da luta, mas situações como esta, que vereadores arquivam um projeto de lei que coloca em risco a vida de milhares de professoras, professores e seus familiares, é que vemos a importância do empenho incansável de um Sindicato. O Sinpro Macaé se manteve de pé em todo o tempo não apenas fortalecendo as questões trabalhistas, mas a saúde e preservação da vida dos profissionais”, relatou Guilhermina Rocha, presidente da instituição.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen lisans satın al office 2019 satın al follower kaufen instagram follower kaufen porno