Theo Fresia participa da segunda etapa do Corona Salinas Open Surf City

Evento começa nesta quarta (23), na cidade de Salinas, no Equador

PROLAGOS 300_250_pix

Por: Lucas D’Assunção

A segunda etapa do etapa do QS 1000 no Equador, o Corona Open Salinas Surf City, começa nesta quarta-feira (23). O evento acontece na cidade de Salinas e quem está na disputa é o sufista buziano, Theo Fresia. O atleta fez o reconhecimento do local na terça-feira (22).

O surfista experimentou uma onda rara no país latino-americano, a chamada Shit Bay, conhecida como “Mística” por demorar a rolar. O atleta está voltando ao seu ritmo de competição e retorna ao hype já competindo em eventos de nível alto. Os QS1000 são a divisão de acesso para a elite do surf mundial. Theo vai em busca de mais um bom resultado na bateria nº 7, do primeiro round.

Fresia chegou ao país latino-americano no dia 12 de junho. A primeira etapa foi em Montañita, cidade costeira do Equador, onde ele passou a primeira bateria em primeiro lugar. Já no segundo round, não foi tão bem perdendo apenas por 0,15, pontuação pequena, porém alto nível para o profissional.

Sobre Theo Fresia

Theo começou a surfar com 8 anos de idade, na Praia de Geribá, em Búzios. Tudo aconteceu graças ao seu irmão, Yuri, que resolveu aprender a surfar em uma escolinha pública. Theo, que é o caçula, foi junto. Filho mais novo, ele sempre foi muito competitivo na disputa com os irmãos. E isso o ajudou a entrar nas competições de surf, aos 10 anos, começando no circuito municipal da cidade.

Depois que competiu pela primeira vez, o surfista começou a pesquisar os calendários dos campeonatos, foi ali que viu que era um “vício”. Sua família sempre apoiou, o que dá o maior gás para continuar a sua jornada no surf competição.

Comentários