Prensa de Babel relembra momentos marcantes do portal nesses 5 anos de história

0

Com linha editorial bem definida e compromisso com a informação, veículo se consolida na imprensa fluminense  

PROLAGOS 300_250_pix

O veículo de comunicação que nasceu em Búzios ganhou a Costa do Sol e tem se consolidado na imprensa fluminense, comemora 5 anos nesta quarta-feira (24). A Prensa de Babel é um portal de linha editorial bem definida e compromisso com a informação. A proposta é que a notícia chegue até você de forma bem apurada, com respostas de todos os envolvidos e com apontamentos críticos que gerem transformação social. Também traz na essência a valorização da cultura, das causas ambientais e da prática esportiva, sempre no intuito de oferecer uma leitura leve e cheia de esperança de dias melhores.

Apesar da pouca idade, o portal constantemente é referência para veículos maiores e carrega na bagagem repercussões de assuntos relevantes dentro de Búzios e da região. É um dos poucos veículos a introduzir o botão “Erramos“, com o objetivo de se retratar diante os leitores a respeito de  alguma informação que tenha eventualmente sido publicada de forma equivocada. Realizou o 1º Prêmio Mulheres que Inspiram, valorizando o empoderamento feminino e a visibilidade social das mulheres do interior fluminense. Transmitiu com exclusividade o arquivo do show lendário do Caetano Veloso na década de 1980, que aconteceu na ponta da Lagoinha. O evento marcou a cidade na época e a Prensa teve a oportunidade de reproduzir o material em 2020.  

Portal conquistou o primeiro lugar no Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental, em 2019, com matéria da jornalista Maria Fernanda Quintela e fotos de Ronald Pantoja.  

Ainda em 2020, o site foi contemplado pelo Fundo Global de Emergência para Jornalismo, oferecido pelo Google, e esteve entre os cerca de 5.300 veículos de comunicação selecionados em todo o mundo, em meio a 12 mil inscritos. Uma conquista que fortaleceu ainda mais o portal, que também havia ganhado no ano anterior o primeiro lugar, na categoria webjornalismo, na segunda edição do Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental, com matéria da jornalista Maria Fernanda Quintela e fotos de Ronald Pantoja.  

O veículo cobriu com maestria as eleições 2020 e produziu o primeiro debate entre candidatos a prefeito de Búzios. Também acompanhou todo o início da pandemia do coronavírus, sendo o primeiro veículo a noticiar a primeira morte pela Covid-19 no balneário, além do início da vacinação, e segue divulgando o avanço da imunização, as flexibilizações municipais, a retomada da economia e da vida social.

“A Prensa é mais do que um jornal diário, é uma escola de jornalismo. Aprendizado diário de como lidar com a notícia, entendendo qual o papel que ela exerce na construção de uma sociedade. A liberdade editorial e a transparência com que o repórter atua na construção da narrativa são fundamentais para garantir o direito básico do cidadão, que é o acesso à informação e o controle social. Vida longa à Prensa, em toda sua plenitude”, disse uma das fundadoras do veículo, Camila Raupp. 

O diretor da Prensa, Victor Viana, destacou os grandes profissionais que passaram pelo veículo e também ressaltou a liberdade editorial. “Nestes cinco anos passaram pela redação da Prensa jornalistas experientes e também jovens talentos que, tenho certeza, deixaram muito de si no que o jornal se tornou – mas levaram para suas carreiras bastante coisas também. Crescemos, em meio a todas as dificuldades conhecidas, como veículo, e nos mantivemos fiéis a uma visão que continua nos movendo. Um jornal plural e independente, em qualquer plataforma que utilizamos – comprometido, por meio do jornalismo profissional, com a informação, em especial, do interior do estado do Rio de Janeiro. Tendo como base a manutenção de nossa independência editorial, por meio da independência econômica”.

A editora da Prensa, Monique Gonçalves, explica o comprometimento que o veículo tem nas apurações e escolha dos conteúdos. “O comprometimento da Prensa em fazer um bom jornalismo é nítido. Mas o que seria um bom jornalismo? É aquele que preza pela verdade, pela boa apuração e não pela competição em publicar primeiro. Seja um factual ou uma matéria fria, com publicação atemporal, o que importa é ouvir todos os lados da notícia, apresentando o fato como é, deixando os leitores tirarem as suas próprias conclusões. As escolhas das pautas são baseadas em boas histórias que provocam reflexões, trazem informação e geram otimismo, sem deixar de lado os fatos relevantes. Ninguém aguenta notícia ruim o tempo todo, e estamos aqui para fazer a diferença em Búzios e região”, finalizou. 

A estagiária Natália Nabuco compartilhou o quanto a Prensa tem contribuído para o seu crescimento profissional.

“Trabalhar na Prensa me trouxe uma experiência única. Ainda estou na fase de estágio, passando pelo 5° período da faculdade, e já ter essa noção do que é estar no mercado, principalmente, em um veículo como a Prensa, que ensina a humanizar e ter veracidade, é incrível! Aprendi demais nesse pouco tempo que estou aqui, pode ter certeza que passar por todas essas experiências acrescentou muito na minha profissional (que ainda está começando) e na vida pessoal”, contou.

“Trabalho na Prensa de Babel desde março de 2021, aqui aprendo todos os dias, ao lado de grandes profissionais, como o jornalismo deve ser feito e a importância do cuidado com as informações. Agradeço pela oportunidade e confiança em meu trabalho, como fotógrafo e social media. Parabéns, Prensa! Que venham muitos e muitos anos!”, disse Matheus Coutinho.

Além do portal, a Prensa também está nas plataformas do Youtube, Spotify, Instagram, Twitter e Facebook. Dentro da área de abrangência, o veículo tem como foco o município de Búzios, mas está sempre de olho nos principais assuntos de Cabo Frio, Macaé, Maricá, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia e Arraial do Cabo.

Matérias mais lidas na Prensa:

Nesses 5 anos, a Prensa contou muitas histórias e nossa equipe separou algumas das narrativas que mais tiveram acesso no portal, são elas:


1° lugar: “Pelo amor de Deus, alguém toma uma providência”, matéria falou sobre o despejo de esgoto nos areais da Praia de Geribá, publicada em 2021; 
2º lugar “’Ninguém entra, ninguém sai’ – Entradas de Búzios serão fechadas no dia 19 deste mês”, que falou sobre a onda de violência no município, publicada em 2017.
 3º lugar: “Placa inusitada gera debate e novas regras de proteção dentro de condomínio em Búzios”, que fala como um morador do balneário chamou a atenção do moradores ao expor em uma placa a preocupação descumprimento das medidas de combate a Covid-19, publicação feita em 2020.  
4º lugar: Morador de Búzios antes de morrer deixa áudio relatando negligência em Hospital Municipal, publicação também em 2020; 
5º lugar: “Navegante solitário atravessa oceano e chega a Búzios e Cabo Frio”, matéria contou a história do ex-oficial naval Zirk Botha, de 59 anos, que saiu de Cape Town, capital da África do Sul, com direção ao Rio de Janeiro em uma viagem solo, em 2021.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.