Prefeitura de Búzios classifica festa que desrespeitou quarentena de “evento familiar”

“Reunião familiar de um deputado, e de um oficial da polícia militar, em ambiente externo”, diz um trecho da nota publicada na noite desta segunda-feira (30) na página oficial da Prefeitura no Facebook. A nota veio após a repercussão negativa de um evento que já teve inicio polêmico a partir das fotos de um participante famoso da “reunião familiar”, ao ser parado no bloqueio sanitário em uma das entradas da cidade.

A nota, que é também uma declaração pessoal do prefeito de Búzios André Granado, justifica a presença do secretário de Segurança Pública do município no local.

“Após receber denúncias sobre uma festa em João Fernandes, no último sábado (28/03) à tarde, por vias de mensagens pessoais, forneci o número das autoridades competentes e acionei pessoalmente o Secretário de Segurança Publica, para que averiguasse o que estava acontecendo (…) O Secretário aguardou no local, o tempo necessário para falar com os responsáveis, para que fosse respeitado o decreto municipal.”, diz trecho da nota.

Em seguida na mesma nota o prefeito segue afirmando que a “participação de funcionários públicos está sendo seriamente verificada, para esclarecer se estiveram no local” e que “processos administrativos foram abertos para averiguar qualquer ato indevido”.

Nesta mesma segunda-feira o caso foi encaminhado ao Ministério Público Estadual onde a “reunião familiar” é tipificada como crime citando o artigo 268 do Código Penal: “infligir determinação do Poder Público, destinada a impedir a introdução ou propagação de doença contagiosa”.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen windows 10 satın al windows 10 pro satın al