Polícia Civil prende homem foragido em Arraial do Cabo

Suspeito estava foragido desde outubro de 2020. O homem foi autuado por homicídio, tentativa de feminicídio, lesão corporal e tráfico de drogas

Uma ação conjunta da delegacia de Arraial do Cabo (132° DP) e da Polícia Militar prendeu o traficante Elizeu Silveira dos Santos, mais conhecido como Zeu, na manhã desta quarta-feira (17). Segundo informações da delegacia, o homem teria envolvimento com o tráfico de drogas no Morro da Coca-Cola.

Material apreendido. Imagem: Polícia Civil de Arraial do Cabo.

De acordo com a Polícia, ele foi preso enquanto dormia, em uma casa na comunidade. O local foi cercado por homens da 6° Companhia e apoio do GAT de Cabo Frio. Na ação, foram apreendidas três armas, carregadores, grande quantidade de munição, maconha, cocaína e rádios transmissores.

O suspeito era considerado foragido, sendo procurado desde outubro do ano passado, quando a delegada, Patrícia Aguiar, pediu à Justiça um mandado de prisão contra o criminoso. Na ocasião, ele ordenou a morte de uma jovem, de 23 anos, com quem já tinha tido um relacionamento. A mulher foi baleada, mas conseguiu fugir da favela.

Na época, a jovem foi à comunidade para participar de um baile funk. Ao chegar, foi cercada por criminosos que a agrediram com tapas e a arrastaram pelos cabelos. Ela tentou fugir do local correndo, mas foi perseguida. A vítima acabou sendo atingida por um tiro na perna, mas conseguiu descer o morro e pedir ajuda.

“Em um trabalho conjunto realizado pela Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério Público, foi possível investigar a fundo a vida desse traficante, reunir diversas provas de seus crimes e agora capturá-lo. Estávamos, desde outubro do ano passado, em busca desse criminoso, que  é extremamente violento. Ele possui diversas passagens pela polícia, inclusive por homicídios e tentativa de feminicídio, e vinha aterrorizando a comunidade do Morro da Coca-Cola”, disse a delegada Patrícia Aguiar.

De acordo com a PM, Zeu possui uma ficha criminal que inclui, além de homicídios e tentativa de feminicídio, lesão corporal, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários