Morre o presidente da Associação de Hotéis de Búzios (AHB), Hector Sirera

Empresário contribuiu para o município com importantes participações nos setores hoteleiro e empresarial. Ele foi presidente da AHB entre o período de 2016-2018 e 2018-2020

PROLAGOS 300_250_pix

O município de Búzios teve mais uma perda no fim de semana. Neste sábado (5), morreu o presidente da Associação de Hotéis de Búzios (AHB), o hoteleiro Hector Sirera, após lutar contra um câncer.

O empresário morreu aos 66 anos. O velório aconteceu neste domingo (6), no bairro Caju, no Rio de Janeiro. A família informou que a Missa de Sétimo Dia acontecerá em Búzios, mas o horário ainda será confirmado.

Hector era natural da província de Santa Fe, na Argentina, e morava em Búzios há mais de 30 anos. Ele era casado com a chef de cozinha Sônia Persiani, com quem estava à frente do restaurante Cigalon, popular na cidade. Sirera ainda deixou um filho do casal.

O empresário contribuiu para o município com importantes participações nos setores hoteleiro e empresarial de Búzios. Ele foi presidente da AHB entre o período de 2016-2018 e 2018-2020.

“O Hector começou com uma pousada em 1986 e desde então já se filiou à Associação de Hotéis (AHB). A partir de 1988, ele já assumiu a diretoria financeira do órgão, e em 1997, foi decisivo na contribuição para a fundação do Sindicato de Hotéis Bares, Restaurantes e Similares e também do Convention Bureau. Antes, em 1993, também participou da fundação da Associação Comercial e Empresarial de Búzios (ACEB). Ele sempre foi um empresário muito ativo, muito participante no Conselho de Segurança, enquanto este esteve ativo no município, também sempre muito presente no Conselho de Meio Ambiente, Conselho de Turismo, sempre contribuiu bastante”, comenta o empresário Thomas Weber, diretor executivo da AHB.

O hoteleiro também foi entusiasta da criação da Prensa de Babel.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários