Macaé decide manter barreiras sanitárias

Levando em consideração os novos indicadores epidemiológicos o município optou por manter os bloqueios nos principais acessos da cidade

PROLAGOS 300_250_pix

O município de Macaé, que está na bandeira amarela com risco médio de contágio da Covid-19, decidiu manter os bloqueios sanitários nos principais acessos da cidade. A medida foi anunciada pela Prefeitura nesta segunda-feira (24), e usa como justificativa os novos indicadores epidemiológicos.

As restrições de acesso ocorrem nos trechos RJ 106, Terminal Cabiúnas e Terminal Parque dos Tubos, e na RJ 168 próximo à pedreira. Os bloqueios também ocorrem em pontos de acesso à Serra.

A manutenção dos bloqueios está oficializada pelo decreto 125/2021 publicado na edição extraordinária do Diário Oficial do Município, nesta segunda-feira (24). A normativa revalidou os efeitos do artigo 3° do decreto 118/2021, que define o horário de atendimento de atividades comerciais com restrições e mantém a suspensão de aglomerações.

O município leva em consideração os dados relativos à taxa de ocupação dos leitos de CTI para pacientes graves da Covid-19, assim como o índice de novos casos positivos de infecção da doença, sendo assim, a secretaria municipal de Saúde manterá a estratégia de restringir o acesso ao município apenas para residentes, trabalhadores, pessoas em tratamento de saúde de doenças crônicas e que cumprem agenda judicial.  

Além da manutenção dos bloqueios, Macaé segue com as medidas de acompanhamento do atual estágio da pandemia, como a Busca Ativa de novos casos por testagem de antígeno e o direcionamento adequado de isolamento dos pacientes positivos, além de analisar as notas técnicas da Secretaria Estadual de Saúde que analisa a circulação de novas variantes do Covid-19 em toda a região.

Por: Natalia Nabuco, estagiária sob supervisão da jornalista Débora Evelin.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários