Luta da Pessoa com Deficiência: Expectativa x Realidade

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência foi comemorado nesta segunda-feira (21). Palestras e debates questionam a acessibilidade

Nesta segunda-feira (21), o Brasil comemora o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Criado com o objetivo de conscientizar sobre a importância do desenvolvimento de meios de inclusão destas pessoas na sociedade, a data é um marco para pessoas que precisam enfrentar problemas de acessibilidade, por conta da falta de preparo das cidades.

O dia em questão se firmou como uma conquista do Movimento pelos Direitos das Pessoas Deficientes, grupo que debate propostas de transformações sociais desde 1979, combatendo o preconceito e a inacessibilidade pública. A data é instituída pela Lei nº 11.133, de 14 de julho de 2005.

Neste dia, é comum ver palestras e debates promovidos em várias cidades do país para dar ênfase à luta e aos direitos das Pessoas com Deficiência (PcD) e questionar se as políticas públicas realmente atendem estes cidadãos.

O light designer Ari Collati é um ativista da causa e enfrenta a Síndrome Pós Pólio, que causa uma desordem no sistema nervoso das pessoas tiveram poliomielite. Em entrevista à Prensa, Ari comenta sobre a falta de inclusão de PcD em diferentes setores da sociedade, sobretudo no mercado de trabalho.

“Apesar da convenção da ONU para Pessoas com Deficiência e a lei que garante as cotas, ainda nos falta muito. Por exemplo: quantos PcDs trabalham nas prefeituras? Pois é, não tem nem registro sobre. É importante que os municípios tenham um censo de quantos PcDs e de quais patologias são, pois com esses dados se podem fazer projetos e dotar verbas para tal”.

Ari também ressalta que, além dos moradores, a Região dos Lagos recebe turistas de todo o mundo e questiona se este setor oferece o devido acesso à estas PcD.

“O nome acessibilidade dá medo ao empresário e ao gestor, pois eles acham que vai implicar em custos, e isso é um erro, porque, investir em acessibilidade dá retorno financeiro ao município. Temos uma grande quantidade de idosos e PcDs que vivem e vem nos visitar, mas falta acesso no transporte, pousadas, restaurantes e até nos banheiros. Cabe à prefeitura e as Associações Comerciais a fazerem sua parte, pois nem normas ABNT, que deveriam estar no plano diretor das cidades são seguidas pelos engenheiros e arquitetos”.

As normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, são estabelecidas pela Lei n° 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que pode ser acessada pelo link.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS DA PRENSA AQUI

Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen windows 10 satın al windows 10 pro satın al