Menu

Cidades

Hugo Gross perde ação judicial contra loja em Búzios

Juíza nega pedido de indenização por danos morais movido pelo ator
O ator Hugo Gross
O ator Hugo Gross

O ator Hugo Gross perdeu uma ação judicial contra uma loja na Rua das Pedras, em Búzios. O processo foi julgado improcedente pela juíza Deborah Carlos Nigri em 1º de julho de 2024. Hugo Gross entrou com a ação de indenização afirmando que em novembro de 2023 realizou compras na loja e, após arrepender-se de uma das aquisições, solicitou o cancelamento da compra, o que foi inicialmente negado pela loja. Segundo o ator, houve um comportamento debochado por parte da vendedora, e após contato telefônico com a proprietária, o estorno foi realizado mais de uma hora depois.

Em sua defesa, a loja alegou que ofereceu a troca do produto e a concessão de crédito pela diferença, o que foi recusado. Argumentou ainda que a compra foi feita presencialmente e que não havia defeito no produto. A juíza considerou que, na ausência de prova de vício (defeito e afins) no produto, a loja não era obrigada a realizar a troca. Além disso, a restituição do valor de R$ 100,00 foi feita no mesmo dia

“O estabelecimento agiu estritamente conforme a lei e as alegações do autor estavam longe da realidade, não havendo prova mínima, o que foi reconhecido pelo Juízo, tanto que a sentença foi de improcedência”, comenta a advogada Barbara Baez, do escritório Barbara Baez Advocacia.

 A juíza também concluiu que não houve dano moral, pois, os fatos narrados não configuraram um prejuízo passível de reparação. Assim, os pedidos do ator Hugo Gross foram julgados improcedentes, sem custas e honorários, conforme a Lei 9.099/95.

Hugo Gross perde ação judicial contra loja em Búzios

Juíza nega pedido de indenização por danos morais movido pelo ator
O ator Hugo Gross
O ator Hugo Gross

O ator Hugo Gross perdeu uma ação judicial contra uma loja na Rua das Pedras, em Búzios. O processo foi julgado improcedente pela juíza Deborah Carlos Nigri em 1º de julho de 2024. Hugo Gross entrou com a ação de indenização afirmando que em novembro de 2023 realizou compras na loja e, após arrepender-se de uma das aquisições, solicitou o cancelamento da compra, o que foi inicialmente negado pela loja. Segundo o ator, houve um comportamento debochado por parte da vendedora, e após contato telefônico com a proprietária, o estorno foi realizado mais de uma hora depois.

Em sua defesa, a loja alegou que ofereceu a troca do produto e a concessão de crédito pela diferença, o que foi recusado. Argumentou ainda que a compra foi feita presencialmente e que não havia defeito no produto. A juíza considerou que, na ausência de prova de vício (defeito e afins) no produto, a loja não era obrigada a realizar a troca. Além disso, a restituição do valor de R$ 100,00 foi feita no mesmo dia

“O estabelecimento agiu estritamente conforme a lei e as alegações do autor estavam longe da realidade, não havendo prova mínima, o que foi reconhecido pelo Juízo, tanto que a sentença foi de improcedência”, comenta a advogada Barbara Baez, do escritório Barbara Baez Advocacia.

 A juíza também concluiu que não houve dano moral, pois, os fatos narrados não configuraram um prejuízo passível de reparação. Assim, os pedidos do ator Hugo Gross foram julgados improcedentes, sem custas e honorários, conforme a Lei 9.099/95.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

CBA realiza a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Arrancada em Uberlândia-MG

ONG impacta 5 mil crianças e adolescentes pelo esporte em 27 cidades no país

MPD inicia obras do Trinity: residencial em São Paulo

MSS Experience: Evento de milhas e viagens aterriza em SP

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.