Excesso de fios nos postes gera poluição visual em Búzios

Assunto foi discutido em reunião entre representantes do governo municipal e empresas de telefonia e internet

PROLAGOS 300_250_pix

A cidade de Búzios é uma das cidades mais bonitas do Brasil. A península é cercada de belezas naturais e pontos turísticos que atraem visitantes do mundo inteiro. Apesar das belas paisagens, as ruas do balneário têm apresentado sérios problemas em relação à fiação exposta nos postes. A poluição visual foi pauta de uma reunião entre representantes do governo municipal e empresas de telefonia e internet, na terça-feira (3), na Prefeitura.

O encontro teve como objetivo encontrar uma solução para acabar com o excesso de fios e cabos nos postes de energia elétrica da cidade. Estiveram presentes o prefeito Alexandre Martins e representantes da Enel, Oi Búzios, West Internet, LS Internet, Dyga Internet, Vivo Internet, Sumicity, Infolagos e Sky.

Reunião entre representantes do governo e de empresas de telefonia e internet aconteceu na terça-feira (3). Foto: Divulgação

Segundo o próprio prefeito, grande parte dos postes de Búzios é composta por um verdadeiro emaranhado de fios e cabos que causam aspecto negativo visualmente e trazem riscos à população. Governo disse que vai multar empresas que deixar excesso de fios em postes do balneário.

“Os fios soltos deixam nossa cidade feia e podem provocar acidentes seríssimos. Discutimos bastante o assunto e solicitei às empresas uma atenção especial a esse caso, porque não vou permitir mais essa bagunça. Se não houver uma organização, vamos multar”, garantiu o chefe do executivo.

De acordo com a Prefeitura, o balneário conta com o projeto de Lei n° 1.646, de 13 de julho de 2021, de autoria do executivo, que trata sobre a regulamentação dos fios excedentes.

Além da poluição visual, os fios oferecem risco para quem passa pelas ruas do município. Foto: Matheus Coutinho

O assunto também foi comentado pela consultora de Turismo, Kiki Reis, em seu perfil oficial no Instagram, na terça. Na postagem ela lamentou a poluição visual em contraste com o charme da cidade e suas belezas naturais e destacou a necessidade da padronização dos postes e fiação.

“O destino turístico não pode viver apenas das suas belezas naturais, pois não é o suficiente para atrair turistas, já que o Brasil tem lugares encantadores por todo o litoral. Para que o visitante se sinta atraído, é necessário a combinação natureza, cultura e um plano arquitetônico e estilístico próprio, para diferenciar a cidade de outros destinos. Precisamos requalificar nossa cidade antes que seja tarde demais”.

Prefeitura pediu urgência às empresas de internet e telefonia para solução dos fios excedentes nas ruas do balneário. Foto: Matheus Coutinho
Comentários