Câmara Municipal pode tombar Feira Livre Periurbana de Búzios como Patrimônio Histórico Cultural

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

 

Lorram é o autor do projeto

Na sessão ordinária de terça-feira (30) foi encaminhado na Câmara Municipal de Armação dos Búzios, o Projeto de lei 80/2018, que estabelece o tombamento da Feira Livre Periurbana de Búzios estabelecida na Praça Benedita Santos da Silva, no bairro da Ferradura, passando a integrar ao patrimônio histórico e cultural de natureza imaterial do município.

O objetivo é assegurar que o espaço seja usado para eventos culturais, sociais e gastronômicos com a participação popular.  O PL 80/2018, de autoria do vereador Lorram Silveira, foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça para ser analisado.

 

A feira aos sábados funciona durante o dia

 

visão aérea da Feira durante as noites de quinta-feira

Da tribuna Lorram defendeu a proposta. “Na feira livre da Ferradura tem sido feito trabalho excelente para o morador e para o turista, com eventos, gastronomia, música, enfim, eventos culturais diversos na quinta-feira; e aos sábados a feirinha pra comprar legume, verdura entre outros produtos.(..) Nós precisamos garantir a continuidade desse trabalho, que tem gerado emprego e renda para muitas famílias.”

 

 

 

Hamber Carvalho,

O projeto também prevê que o Poder Público Municipal deverá regulamentar o funcionamento e a padronização estética, bem como cuidar do entorno da feira, a fim de que fique em harmonia com seu local tradicional de funcionamento.

“Uma baita garantia de continuidade para a Feira. É muito importante para à Cidade que ela   seja protegida e que possa continuar sendo referência para os turistas e modelo para outros municípios. To emocionado e quase chorando”, disse Hamber Carvalho, idealizador da feira.

 

 

Entenda a Câmara

Indicação é um apontamento que o vereador faz ao Poder Executivo sobre medidas de interesse público que não são de competência do Legislativo. Depois de aprovada, a Indicação é encaminhada ao poder competente, mas a sua execução não é uma obrigação legal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

Cabo Frio poderá proibir queima, soltura e comercialização de fogos de artifício de estampido

Governo do Estado e prefeitura de Búzios firmam termo de cooperação para pavimentação na estrada da Fazendinha

Prefeitura de Macaé paga primeira parcela do 13º salário nesta quinta

Enel Distribuição Rio promove feirão de troca de titularidade em Rio das Ostras

RECURSOS PARA A CULTURA

Vereadores de Cabo Frio se reúnem com secretário de Cultura e firmam compromisso para recuperação dos equipamentos culturais

Alerta de falsos servidores

Rio das Ostras alerta sobre falsos fiscais da vigilância sanitária