Unidade Popular de Cabo Frio questiona pesquisa eleitoral registrada no TSE

UP aponta pesquisa do Instituto Orbis como sendo fraude. Questionário não traz nome do candidato do partido como opção de voto

Filiados do partido Unidade Popular (UP) de Cabo Frio manifestaram insatisfação com a pesquisa de intenção de votos registrada pelo Instituto Orbis no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os integrantes apontam que o questionário não apresentou o nome do candidato Professor Fernando de Oliveira entre as opções disponíveis.

A pesquisa RJ-04318/2020 foi aplicada com os moradores do primeiro e segundo distrito entre a última quinta-feira (10) e sábado (12). Foram consultados cerca de 1500 cabo-frienses, que responderam um questionário organizado pelo Instituto por meio do telefone.

O nome de Fernando de Oliveira foi aprovado pela convenção partidária no dia 9 de setembro. O candidato publicou um vídeo nas redes sociais em que demonstra insatisfação com a ação, e alega ser uma tentativa de boicote.

A assessoria da UP ainda aponta que, entre as oito opções de nomes para a disputa pela prefeitura apresentadas no questionário, somente três foram oficializadas como pré- candidatos, e caracteriza a pesquisa como fraude.

Nesta quarta-feira (16), aconteceram as últimas convenções partidárias no município, para oficialização das chapas concorrentes, seguindo o calendário eleitoral oficial.

A Prensa consultou advogados, que reforçaram que as pesquisas devem apresentar todos os nomes de candidatos após a data final das convenções.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS DE CABO FRIO AQUI

Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen windows 10 satın al windows 10 pro satın al