Unicor Macaé e Irmandade São João Batista oferecem aula para profissionais de saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Objetivo é integrar profissionais e acadêmicos para garantir o melhor tratamento para os pacientes com problemas cardiovasculares

whatsapp-image-2017-05-09-at-13-41-14A Unidade do Coração de Macaé (Unicor Macaé) e a Irmandade São João Batista realizam nesta quinta-feira (11 de maio) a primeira Sessão Clínica de Cardiologia Intervencionista e Hemodinâmica, ministrada pelo cardiologista dr. Antônio Carlos Botelho. O evento é destinado a médicos, estudantes de medicina e profissionais da área de saúde que se interessam pelo tema “Oclusão total crônica de coronária”, que será abordado na aula. O evento será no auditório do hospital São João Batista, às 19h, e não será necessário fazer inscrições antecipadamente.

Segundo o médico dr. Botelho, a interação e troca de conhecimentos entre os profissionais são muito importantes para o tratamento rápido e preciso das doenças cardiovasculares. “Quanto mais conhecimento agregarmos e realizarmos trocas de experiências, melhor para o resultado positivo de cura das doenças cardiovasculares”, destacou o médico.

Publicidade

O coração precisa do oxigênio para funcionar e ele chega pelo sangue através das artérias coronárias que saem da aorta e vão se dividindo em ramos cada vez menores. Quando uma dessas artérias é obstruída por uma placa de gordura ou um coágulo, a parte do músculo cardíaco que depende dela pode sofrer isquemia, se a obstrução for parcial, ou necrose, se a circulação sanguínea for completamente interrompida.

Quando o fluxo sanguíneo é insuficiente para atender à necessidade do músculo submetido à solicitação mais intensa, em geral, a pessoa sente uma dor no peito conhecida como angina. Já no infarto do miocárdio, a oclusão brusca da artéria causa sofrimento rápido e extenso na musculatura cardíaca e a dor em aperto no peito pode irradiar-se para o queixo, braço esquerdo ou para os dois braços.

O tratamento da obstrução das coronárias pode ser clínico, ou seja, uso de medicação e controle da dieta, pode ser com tratamentos minimamente invasivos, como a colocação de stents para comprimir a placa contra a parede da artéria comprometida e restabelecer o fluxo sanguíneo, ou até a cirurgia, com a implantação de um enxerto retirado da veia safena ou da artéria mamária.

Todos os tipos de tratamento, importância do rápido diagnóstico e encaminhamento para uma clínica especializada serão abordados nesta quinta-feira.
https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/04/26/materia-especial-26-de-abril-um-dia-para-pensar-na-sua-pressao-arterial/
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

Ex-bbb, Juliette Freire, a nova Nazaré Tedesco

Sextou com uma notícia maravilhosa para o bolso dos cidadãos do estado do Rio de Janeiro

Cinco atrizes com histórias em Búzios

Shopping Park Lagos, em Cabo Frio, promove Festival de Tênis de Mesa neste fim de semana

MPRJ e Polícia Civil realizam operação contra organização criminosa de compra e venda de combustíveis através de empresa fantasma

Lucy Alves é a grande atração do Arraiá de Maricá neste fim de semana