Turista mineiro que desapareceu durante viagem a Cabo Frio consegue voltar para casa

Turista que saiu em viagem para Cabo Frio estava desaparecido desde o dia 28 de maio. Ele conseguiu retornar para Igarapé na noite desta sexta-feira (11)

PROLAGOS 300_250_pix

Depois de duas semanas sem notícias, a família do mineiro Bruno Antônio Lourenço pode recebê-lo em casa. O auxiliar de serviços gerais, de 31 anos, estava desaparecido desde o dia 28 de maio, após sair para uma viagem em Cabo Frio, na Região dos Lagos.

A história teve um final feliz, pois Bruno conseguiu retornar à cidade de Igarapé, em Minas Gerais, na noite desta sexta-feira (11). Segundo a família, o mineiro ficou as duas semanas sobrevivendo graças à ajuda de outras pessoas. Além de ganhar parte do dinheiro para passagens, ele pegou carona e fez baldeação.

Entenda o caso

Após um desentendimento com o proprietário e um garçom de um quiosque em Cabo Frio, por conta de uma dívida que ele não poderia pagar, o rapaz não havia mais sido visto. A viagem foi feita por meio de uma excursão, que retornou para Minas Gerais sem o turista no dia 30 de maio.

De acordo com informações do portal Estado de Minas, testemunhas contaram que o turista conheceu um casal na praia, no último dia de viagem, e começou a beber com eles. Depois de algum tempo, as pessoas teriam deixado a conta de cerca de R$ 200 para que Bruno pagasse, mas ele não tinha dinheiro.

Ainda de acordo com o depoimento de testemunhas ao Estado de Minas, posteriormente os responsáveis pelo quiosque teriam ido até a pousada onde Bruno estava hospedado para cobrar a dívida. Após um desentendimento, o mineiro pegou sua mochila e fugiu.

Comentários