Menu

Cidades

Baluartes, a mitologia sombria do Brasil Colônia

Jornalista e pesquisador da Secretaria de Saúde Indígena (SESAI), o escritor Clinton Davisson, lançou esta semana o romance de terror usando o folclore nacional, fatos e personagens históricos. A trama se passa no Brasil Colônia do Século XVIII e aborda eventos históricos como o genocídio dos indígenas Goitacazes no norte fluminense ocorrido há mais de 200 anos. O livro demandou 12 anos de pesquisa e mistura precisão histórica, terror e pitadas de humor.

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.