A cobrança injusta da perfeição do preto

Por Talytha Selezia É importante falar, que isso é uma continuidade, do comportamento tipicamente racista do povo, que diz: “se não faz merda na entrada, faz na saída.” Se espera, e de certo modo, torce para que o cantor seja de fato um abusador, torce para que a atriz cometa aquela gafe, que aquele ator […]