Secretaria de Educação de Búzios é interditada após aumento de casos de Covid-19

Interdição ocorre até o dia 22 de fevereiro

PROLAGOS 300_250_pix

A Secretaria de Educação foi interditada nesta quinta-feira (11), após a testagem positiva de grande parte dos profissionais que atuam no local, com sede provisório na Escola Municipal Vereador Emígdio Gonçalves Coutinho.

A informação foi confirmada nas redes sociais da Secretaria de Educação no fim da noite. O comunicado minimiza a importância do fato, alegando que foram apenas “alguns casos”. E que retornarão às atividades no dia 22 de fevereiro e as atividades se manterão em home-office.

A interdição ocorre na mesma semana em que a pasta anunciou a volta das atividades presenciais e da visita da secretária às unidades escolares. Na quarta-feira (10), o governo municipal autorizou o retorno de aulas presenciais nas escolas da rede particular do município.

A Prensa entrou em contato com a Prefeitura de Búzios questionando quantos profissionais teriam sido testados e qual o resultado, em números, desta testagem e que outras providências tomaria para conter a disseminação do vírus. Até o memento, não houve resposta.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários