Menu

Cidades

Prefeitura de Búzios quer criar Taxa de Preservação Ambiental para Veículos que entram na cidade

mapa-de-estrada

 

 

Veículos que transportam trabalhadores residentes nos municípios vizinhos e veículos licenciados na Região dos Lagos estão entre os isentos da Taxa

 

mapa-de-estrada
O projeto foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça para análise

Durante a alta temporada, o fluxo de veículos e o acúmulo de lixos aumentam na cidade de Búzios. Para compensação da degradação ambiental nesse período, compreendido entre 15 de novembro e 15 de abril, a prefeitura encaminhou à Câmara de Búzios um projeto de lei que visa criar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) sobre o trânsito de veículos que entram na cidade.

Os valores das taxas vão de 1 a 40 UPFM (Unidade Padrão Fiscal Municipal), sendo o valor atual do UPFM é de R$ 2,30. A cada 24 horas de ingresso no município, uma nova taxa será gerada.

O projeto prevê ainda a isenção da taxa aos veículos prestadores de serviços ou que abastecem o comércio local; veículos com licenciamento no município ou na Região dos Lagos, veículos que transportem trabalhadores residentes nos municípios vizinhos, mediante comprovação de contrato e/ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) assinada e veículos daqueles que comprovem cadastro imobiliário predial em Búzios.

Conforme o projeto, os recursos arrecadados serão aplicados em infraestrutura ambiental, preservação do meio ambiente com seus ecossistemas naturais, limpeza pública e saneamento.

No uso da tribuna, o vereador Lorram Silveira (PP) defendeu o projeto e citou outras cidades, onde a taxa é cobrada, como Governador Celso Ramos (SC), Pombinhas (SC), Fernando de Noronha (PE). “Búzios recebe muitos turistas durante o dia, que não estão em nossa rede de hotelaria, geram lixo na cidade. Então, por que não cobrar por isso?”, defendeu.

O projeto foi encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça para análise.

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Palestra em Búzios sobre paisagismo urbano e diversidade vegetal da Região dos Lagos  

Megaoperação policial desmantela império do tráfico do Comando Vermelho em Búzios e outras cidades do país

Debate público sobre sustentabilidade terá presença de Marina Silva em Macaé

Búzios inicia vacinação contra a dengue para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos