Prefeitos da Região dos Lagos participam do lançamento do  programa “Cuidar + Saúde para Todos”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Iniciativa é do governo do estado e vai destinar  R $800 milhões em créditos extraordinários a projetos da área de saúde

Prefeitos da Região dos Lagos participaram, nesta segunda-feira (13), do lançamento do novo programa “Cuidar + Saúde para Todos”, do governo do estado, que vai destinar R $800 milhões em créditos extraordinários a projetos na área de saúde para os 92 municípios do estado.  O evento foi no Palácio da Guanabara, com a presença do governador Cláudio Castro e do secretário de Saúde do Estado, Alexandre Chieppe.

Os municípios deverão utilizar a verba destinada de forma específica: 30% do valor deverá ser investido na reforma das unidades básicas de saúde e os outros 70%, para custeio de linhas de cuidados que poderão ser elencadas pelos municípios, como cuidado cardiovascular, saúde da mulher, oncologia, de acordo com a sua relevância.

A Região dos Lagos foi representada pelos prefeitos de Búzios, Alexandre Martins, de Cabo Frio, José Bonifácio; de Iguaba Grande, Vantoil Martins; de Arraial do Cabo, Marcelo Magno; de São Pedro da Aldeia, Fábio do Pastel e de Araruama, Lívia de Chiquinho. De Saquarema, a prefeita Manoela Peres não pode comparecer, sendo representada pelo secretário de Educação, Antônio Peres.

Publicidade
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

MEIO AMBIENTE

Audiência Pública discute expansão do estacionamento do Shopping Park Lagos

GRAN CINE BARDOT

Último fim de semana do Festival de Cinema Italiano em Búzios

ENSINO SUPERIOR

Chegada de universidades públicas pode colocar Cabo Frio na rota das cidades universitárias

FESTA DA PADROEIRA

Programação Popular da Festa da Padroeira começa nesta sexta-feira (12), em Cabo Frio

NEGÓCIOS E NETWORK

Associação de Hotéis de Cabo Frio prepara 4ª edição da feira de fornecedores da hotelaria e gastronomia

DESEMPREGO

Setor de petróleo e gás em Macaé perde quase 17 mil empregos entre 2014 e 2022