Prefeito do Rio de Janeiro descarta realização do Carnaval em julho

Eduardo Paes cancela possibilidade de realização da folia de Carnaval no mês de julho. Liga das Escolas de Samba apoia decisão

O tradicional desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro não será mais realizado em 2021. O prefeito do município, Eduardo Paes (DEM), afirmou, nesta quinta-feira (21), que o Carnaval  que estava previsto para acontecer no mês de julho foi cancelado. 

Por meio de posts no Twitter, o prefeito explicou os motivos que levaram à decisão: “Nunca escondi minha paixão pelo carnaval e a visão clara que tenho da importância econômica dessa manifestação cultural para nossa cidade. No entanto, me parece sem qualquer sentido imaginar a essa altura que teremos condições de realizar o carnaval em julho. O evento exige uma grande preparação dos órgãos públicos e das escolas de samba”.

Em setembro de 2020, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) e os presidentes das agremiações decidiram não realizar o desfile em fevereiro deste ano, devido aos riscos de contágio pelo Covid-19 e para evitar aglomerações.

Em resposta à decisão, a Liesa publicou uma nota oficial em que apoia as declarações do prefeito.

“A LIESA manifesta seu apoio e compreensão à referida decisão, tendo em vista o aumento geral dos casos de Covid-19 e o atual momento relacionado às incertezas quanto aos prazos de vacinação e imunização da nossa população. Lembramos, por oportuno, que a realização dos desfiles do Grupo Especial, no mês de julho de 2021, sempre esteve condicionada à liberação das autoridades e também à segurança de todos os envolvidos no nosso espetáculo”.

PRENSA 970X250 GOOGLE CONTEMPLADO INTERTEXTO BARRA
Comentários