Prefeito de Cabo Frio se reúne em Brasília com Rodrigo Maia e marca encontro com Temer

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O prefeito esteve ainda com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani e marca encontro com Michel Temer 

marquinho-brasilia-03O prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes,   esteve nesta quarta-feira (10) em Brasília. O primeiro compromisso foi uma reunião entre prefeitos do estado do Rio e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Entre os temas do encontro esteve o novo modelo de distribuição dos royalties do petróleo, que pode prejudicar ainda mais os municípios produtores, como Cabo Frio, a partir do ano que vem. Ficou marcado um encontro entre os prefeitos do RJ e o presidente em exercício Michel Temer no dia 5 de junho na Capital Federal.
 Marquinho Mendes também esteve no Ministério das Cidades, onde  conversou sobre a  viabilização de projetos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e tomou conhecimento de detalhes sobre o Cartão Reforma, novo programa do Governo Federal.
Em seguida o  prefeito esteve com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, de acordo com a informação oficial, acompanhando a tramitação de processos que solicitam recursos para implantação de campos de futebol, praças de esportes e núcleos para o projeto Segundo Tempo.
Bloqueio de recursos do FPM também esteve na pauta
Outro assunto que esteve na pauta do encontro entre os prefeitos em Brasília foi o bloqueio de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que atinge diversas cidades. No caso de Cabo Frio, os recursos do FPM, que atualmente somam R$ 15,8 milhões, estão bloqueados desde o ano passado por conta de dívidas com a Receita Federal. Segundo dados levantados pela Secretaria Municipal de Fazenda, o governo anterior deixou de repassar o INSS dos funcionários por três anos, mesmo descontando os valores das folhas de pagamento dos servidores. A gestão anterior também deixou de pagar uma dívida parcelada com a mesma Receita Federal. A dívida deixada para este ano com a Receita é superior a R$ 500 milhões.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

IMUNIZAÇÃO

Búzios divulga calendário de 2° dose de reforço contra covid-19 para pessoas com 18 anos ou mais

PONTO DE APOIO

Região dos Lagos tem o primeiro ponto de apoio ao ciclista

Prolagos

Prolagos alerta sobre a importância de facilitar a leitura do hidrômetro

Novos horários

São Pedro da Aldeia passa a contar com nova frota de ônibus nesta terça (9)

Lazer na praia

Quatro praias de Búzios para levar crianças

Eleições 2022

Conheça os 12 candidatos à presidência da República