Menu

Cidades

A população precisa saber que dia o caminhão do lixo passa

Foto: Ronald Pantoja
Foto: Ronald Pantoja
Foto: Ronald Pantoja
Foto: Ronald Pantoja

Moradores de Búzios reclamam da falta de organização na coleta de lixo. A empresa Sellix, responsável pela coleta da cidade não está dando conta e de acordo com cidadãos de alguns bairros, o serviço não vem seguindo cronograma nenhum, causando transtornos.

No bairro de São José e Cem Braças, a coleta não está sendo feita como devia e o caminhão de lixo não passa com frequência. Os moradores do bairro garantem que a coleta não é feita corretamente. Sem saber os dias e horários da passagem do caminhão, algumas pessoas acumulam o lixo em frente as suas casas e gerando desconforto. Esse acumulo de resíduos e lixo atrai moscas e muitos ratos.

Como em outras cidades da Região, Búzios sofreu com o acumulo de lixo na cidade. Alguns bairros do município estiveram com grande quantidade de resíduos. O gestor da Sellix – empresa que cuida do recolhimento, confirma que a equipe está completa e trabalhando. Com seis caminhões de lixo, dois caminhões caçamba e uma retroescavadeira nas operações e seguem recolhendo na programação.

Segundo a Sellix, a geração de lixo quadruplicou e na parte da tarde o trânsito praticamente para o trabalho. E que estão com força total enquanto o trânsito permite. Mencionou também que a fila no aterro é muito grande, chegam a 12 caminhões com longa espera.

Porém alguns moradores afirmam que não há coleta. Em São José, por exemplo, segundo um estudante que não quer se identificar. “Teve uma época que tinha moradores que se reuniram e pagaram um caminhão pra atender a coleta”. Ainda de acordo com o estudante, “hoje em dia ele passa [caminhão], mas não aparenta atender todos os lugares”, disse.

O problema é que sem cronograma dos dias os moradores continuarão colocando o lixo na rua todo dia. Alguns cidadãos guardariam o lixo no quintal e só por na rua no dia que o lixeiro passa, mas não sabendo quando ele vai passar não adianta. Na maioria das vezes o lixo é colocado pra fora todo dia, porque não há uma programação.

Um dos empresários de Búzios, Hector Sirera, fala do cronograma que foi passado, mas que não tem informação clara sobre a programação. “Não nos foi fornecida a informação como esperávamos. Só nos deram cronograma do Centro e mesmo assim não estão conseguindo. Está uma sujeira a cidade. Há lixo espalhado por todas as partes”, disse.

Moradora de Tucuns, a Clara Ribeiro, que tenta dar um jeito na situação como pode. “Eu já entendi que entre terça e quarta feira é o dia aqui na rua, essa semana meu vizinho me gritou avisando que o caminhão estava na rua para correr e colocar o lixo para fora, vamos nos adaptando a situação”, afirmou.

 

A população precisa saber que dia o caminhão do lixo passa

Foto: Ronald Pantoja
Foto: Ronald Pantoja
Foto: Ronald Pantoja
Foto: Ronald Pantoja

Moradores de Búzios reclamam da falta de organização na coleta de lixo. A empresa Sellix, responsável pela coleta da cidade não está dando conta e de acordo com cidadãos de alguns bairros, o serviço não vem seguindo cronograma nenhum, causando transtornos.

No bairro de São José e Cem Braças, a coleta não está sendo feita como devia e o caminhão de lixo não passa com frequência. Os moradores do bairro garantem que a coleta não é feita corretamente. Sem saber os dias e horários da passagem do caminhão, algumas pessoas acumulam o lixo em frente as suas casas e gerando desconforto. Esse acumulo de resíduos e lixo atrai moscas e muitos ratos.

Como em outras cidades da Região, Búzios sofreu com o acumulo de lixo na cidade. Alguns bairros do município estiveram com grande quantidade de resíduos. O gestor da Sellix – empresa que cuida do recolhimento, confirma que a equipe está completa e trabalhando. Com seis caminhões de lixo, dois caminhões caçamba e uma retroescavadeira nas operações e seguem recolhendo na programação.

Segundo a Sellix, a geração de lixo quadruplicou e na parte da tarde o trânsito praticamente para o trabalho. E que estão com força total enquanto o trânsito permite. Mencionou também que a fila no aterro é muito grande, chegam a 12 caminhões com longa espera.

Porém alguns moradores afirmam que não há coleta. Em São José, por exemplo, segundo um estudante que não quer se identificar. “Teve uma época que tinha moradores que se reuniram e pagaram um caminhão pra atender a coleta”. Ainda de acordo com o estudante, “hoje em dia ele passa [caminhão], mas não aparenta atender todos os lugares”, disse.

O problema é que sem cronograma dos dias os moradores continuarão colocando o lixo na rua todo dia. Alguns cidadãos guardariam o lixo no quintal e só por na rua no dia que o lixeiro passa, mas não sabendo quando ele vai passar não adianta. Na maioria das vezes o lixo é colocado pra fora todo dia, porque não há uma programação.

Um dos empresários de Búzios, Hector Sirera, fala do cronograma que foi passado, mas que não tem informação clara sobre a programação. “Não nos foi fornecida a informação como esperávamos. Só nos deram cronograma do Centro e mesmo assim não estão conseguindo. Está uma sujeira a cidade. Há lixo espalhado por todas as partes”, disse.

Moradora de Tucuns, a Clara Ribeiro, que tenta dar um jeito na situação como pode. “Eu já entendi que entre terça e quarta feira é o dia aqui na rua, essa semana meu vizinho me gritou avisando que o caminhão estava na rua para correr e colocar o lixo para fora, vamos nos adaptando a situação”, afirmou.

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Lipo HD: cirurgião plástico esclarece como é feita

Gestores de indústrias palestram sobre sucesso na gestão

Susana Vieira quita dívida de IPTU em Búzios após processo judicial

Petrobras atualiza valor de dividendos em movimento estratégico

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.