Pode haver novas eleições pra prefeito em Araruama

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
livia_diplomada
Lívia e Chiquinho já moraram em Búzios, onde ele tentou ser prefeito da Cidade. Ficou famoso na época (2012) o caso de que Chiquinho da Educação, foi condenado em 10 anos de inelegibilidade por ter usado na sua gestão como prefeito de Araruama funcionários da prefeitura no horário de trabalho para construção de sua residência particular no município de Armação dos Búzios. Chiquinho abriu mão de sua candidatura em Búzios alegando estar com um câncer na garganta, em seu lugar veio candidato pelo PSC o médico (atual prefeito reeleito) André Granado ( hoje no PMDB).

A prefeita Lívia de Chiquinho (PDT) foi cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Araruama. A juíza Alessandra de Souza Araújo condenou a política por fraude eleitoral. A magistrada decretou ainda a inelegibilidade de Lívia Bello e o marido dela, Francisco Carlos Fernandes Ribeiro, o Chiquinho da Educação, pelo prazo de quatro anos, a contar a publicação da decisão. E mais, além de cassar os diplomas da prefeita e do vice, determinou que nova eleição para o cargo de chefe do Executivo seja realizada. A acusação é de que o ex-prefeito (o Chiquinho) aparecia nos comícios e materiais de campanha junto com a candidata (a Lívia, esposa dele), até mais que o próprio vice. É uma decisão em primeira instância e cabe recurso.

O advogado Carlos Magno de Carvalho, cujo escritório propôs a ação, afirma que o ex-prefeito Chiquinho usou a atual prefeita para voltar ao poder.

“É uma fraude eleitoral. Ele está inelegível e não pode concorrer. Então, usou a mulher para chegar ao poder. O mote da campanha era “vota nela que ele volta”. Hoje, está mandando na prefeitura. O direito eleitoral visa evitar que qualquer ato fraudulento possa interferir na vontade do eleitor. O que o casal fez foi driblar a boa fé do cidadão e também a própria Justiça que o deixou inelegível.”, explica.

Publicidade

A decisão foi publicada logo após a reportagem do SBT Rio, falando sobre a atuação de Chiquinho da Educação na Prefeitura de Araruama. De acordo com a matéria, ele tem atuado ativamente em todos os setores do governo, mandando e desmandando, cumprindo expediente e participando ativamente das decisões, inclusive na contratação de serviços e compras de materiais.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/01/25/o-poder-paralelo/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

DESEMPREGO

Setor de petróleo e gás em Macaé perde quase 17 mil empregos entre 2014 e 2022

Esporte e Meio Ambiente

Saquarema reúne atividades esportivas e preservação ambiental em um dos maiores festivais aquáticos

PRÊMIO DA ALERJ

Vereadora Iza Vicente será homenageada pela Alerj com o prêmio Dandara

META ALCANÇADA

Molon arrecada R$100 mil e atinge primeira meta da vaquinha virtual

ERRAMOS: Comunidade Quilombola de Baía Formosa, em Búzios, vai finalmente receber o direito às terras

TRISTEZA NA ALDEIA

Prefeitura de São Pedro da Aldeia confirma morte de frentista vítima de acidente em posto de combustível