Menu

Cidades

Pelos campeonatos com finais

rafael-esporte

Por Rafael Alvarenga

rafael-esporteDesde 2013 o Campeonato brasileiro é disputado através do sistema de pontos corridos. São dois turnos onde todos jogam contra todos e ao fim a equipe com mais pontos conquistados levanta o caneco.

 

Os adeptos desse sistema argumentam que assim o campeonato fica mais justo. Vence o melhor e ponto final. Ora, temos aqui um padrão ético consequencialista. Independente do time jogar bonito, ser inovador no sistema tático e marcar a história com golaços e jogadas brilhantes, basta que ele vença. Importa o fim, não os meios.

 

Ocorre que esse formato vem da Europa, onde está a FIFA. Lá os campeonatos nacionais são disputados através dos pontos corridos. Entretanto, a suntuosa Liga dos Campeões Europeus não funciona dessa forma. Os clubes são divididos em grupos e esses se classificam para a fase de mata-mata. Um sistema semelhante ao das Copas do Mundo de Futebol e da Copa Libertadores da América.

 

Curioso é que ninguém questiona o título europeu do Real Madrid, o sul-americano do Atlético Nacional da Colômbia e tampouco o mundial da Alemanha. Quer dizer que o sistema dos pontos corridos é mais justo apenas quando a questão são os campeonatos nacionais? Quanto o assunto são campeonatos continentais ou mundiais ele é menos justo, ou menos o que?

Particularmente não sou a favor de o Brasileirão ser disputado através de pontos corridos. Prefiro finais ainda que meu time termine a fase de grupos em primeiro lugar. Quem vê a final de um campeonato não esquece, mesmo que seu time não esteja jogando. Enquanto isso, na era dos pontos corridos, mal sabemos quem foi o campeão brasileiro de 2013. Você sabe?

 

 

Pelos campeonatos com finais

rafael-esporte

Por Rafael Alvarenga

rafael-esporteDesde 2013 o Campeonato brasileiro é disputado através do sistema de pontos corridos. São dois turnos onde todos jogam contra todos e ao fim a equipe com mais pontos conquistados levanta o caneco.

 

Os adeptos desse sistema argumentam que assim o campeonato fica mais justo. Vence o melhor e ponto final. Ora, temos aqui um padrão ético consequencialista. Independente do time jogar bonito, ser inovador no sistema tático e marcar a história com golaços e jogadas brilhantes, basta que ele vença. Importa o fim, não os meios.

 

Ocorre que esse formato vem da Europa, onde está a FIFA. Lá os campeonatos nacionais são disputados através dos pontos corridos. Entretanto, a suntuosa Liga dos Campeões Europeus não funciona dessa forma. Os clubes são divididos em grupos e esses se classificam para a fase de mata-mata. Um sistema semelhante ao das Copas do Mundo de Futebol e da Copa Libertadores da América.

 

Curioso é que ninguém questiona o título europeu do Real Madrid, o sul-americano do Atlético Nacional da Colômbia e tampouco o mundial da Alemanha. Quer dizer que o sistema dos pontos corridos é mais justo apenas quando a questão são os campeonatos nacionais? Quanto o assunto são campeonatos continentais ou mundiais ele é menos justo, ou menos o que?

Particularmente não sou a favor de o Brasileirão ser disputado através de pontos corridos. Prefiro finais ainda que meu time termine a fase de grupos em primeiro lugar. Quem vê a final de um campeonato não esquece, mesmo que seu time não esteja jogando. Enquanto isso, na era dos pontos corridos, mal sabemos quem foi o campeão brasileiro de 2013. Você sabe?

 

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

BYD Introduz Novo Portfólio de Energia no The smarter E Europe e Comemora 1 Milhão de Sistemas Batterybox Instalados

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

Nova UTI pediátrica eleva o padrão de atendimento do ICIA

Plataforma gratuita e digital conecta empresas e refugiados a ofertas de emprego

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.