Opinião: Bonifácio não deveria frustrar a população

Como defensor da campanha de José Bonifácio (PDT) aqui na rede social, não poderia deixar de reprovar as atuais medidas do governo de Cabo Frio. A falta de diálogo com servidores sem salários – da educação e saúde, principalmente – e o excesso de nomeações de secretários adjuntos, não condizem com as propostas de campanha. José Bonifácio não pode macular sua biografia para atender, supostamente, os interesses ilimitados de uma aliança político-eleitoral.

A população que lhe deu uma vitória com 11 mil votos a frente do segundo colocado, em plena pandemia, se mostra decepcionada, apesar dos poucos dias de gestão. Mas há tempo do governo se reconciliar com o eleitor.

Bonifácio não deveria colocar em risco a velha fama de “prefeito da educação”. Neste momento, o relacionamento com o professorado é o pior possível, principalmente em relação ao salário de dezembro , quando a categoria apenas cobra o uso da verba carimbada do Fundeb.

Não importa que o ex-prefeito Adriano Moreno tenha deixado uma cidade devastada. O importante é que Cabo Frio tem um novo prefeito e com ele todos os encargos previstos legalmente.

Faço um apelo para que Bonifácio reveja todos aqueles atos que a população repudia. A começar pela enxurrada de nomeações sem um motivo razoável e que nem mesmo teria obedecido uma tramitação legal através da Câmara de Vereadores.

*Levi Moura é jornalista e morador de Cabo Frio

Comentários