Blogs

Blogs

Menu do site

Publicidade
[views count='0' print='1']

“O turismo de Búzios tem que voltar a prosperar” – Entrevista com Cristiano Marques

Por Victor Viana

O Prensa de Babel daqui em diante publicará uma grande entrevista por semana. Sempre com pessoas relevantes de Búzios, da Região, do Rio, do Brasil e do mundo.  Escolhemos para inaugurar essa sessão, Cristiano Marques!

cristiano
Iniciou no turismo em uma importante rede de hotéis, trabalhou como agente de viagem foi secretário de turismo de Búzios, e por último, atuou como diretor executivo do Búzios Convention & Visitors Bureau.

Cristiano, que é profissional em marketing pela Estácio de Sá, nasceu e mora em Búzios, é de família buziana, começou bem cedo no setor turístico da Cidade,  percorreu um caminho de respeito no setor privado, até chegar a secretário de turismo e também diretor executivo do Búzios Convention & Vistors Bureau.

Publicidade

Desenvolveu diversas ações em prol do turismo no município. Foi durante o período que esteve à frente da Secretaria de Turismo que Búzios conquistou algumas posições de destaque no cenário nacional e internacional. Com sua equipe da secretaria de turismo trouxe para Búzios o prêmio de melhor destino de sol e praia do mundo, em Málaga na Espanha.  Além de ter contribuído e levado à cidade a 5º posição como destino turístico do Brasil mais visitado por turistas estrangeiros. O Convention Bureau era uma instituição sem relevância em Búzios antes de Cristiano, a convite do empresário Luiz Guedes,  assumir como diretor executivo.  A partir do seu trabalho, sempre montando equipes fortes e comprometidas, iniciou um trabalho de divulgação de Búzios na imprensa que supriu a necessidade de promoção da cidade em um momento em que o setor público não estava conseguindo atingir esse objetivo através de sua Equipe de Comunicação.  No Convention também captou eventos e formalizou parceiras que estão dando frutos até hoje.

Determinado a fazer mais pela Cidade, Cristiano decidiu concorrer a uma cadeira na câmara de vereadores, com o objetivo de representar moradores, comerciantes, empresários, entidades públicas e privadas.  Sua votação não foi suficiente para assumir a cadeira, mas ficou entre os mais votados, será diplomado nesta segunda-feira, dia 5, como suplente, além de ter sido o mais votado entre os representantes do setor turístico que concorriam a uma vaga no Legislativo.

Vamos à entrevista!

Prensa de Babel (Prensa): Estamos às portas do verão e este, ao que parece,  não está sendo visto como dos melhores – as razões seriam a retração econômica e instabilidade do clima. Há bases sólidas para Búzios ao menos não sair no prejuízo esse ano?

 

Cristiano Marques (CM): A crise existe, porém, Deus foi muito generoso com nossa cidade quando nos proporcionou 23 praias, ilhas, costões e um recorte geográfico magnífico; que somados a boa rede hoteleira e setor gastronômico; já é um bom atrativo para os visitantes. Não tenho dúvida de que a cidade irá receber um bom número de turistas nessa temporada.

 

Prensa: Você deixou sua marca como secretário de turismo, mesmo com o pouco tempo, e também com orçamento bem menor que dos secretários que te sucederam na atual gestão.  Sem exageros podemos dizer que você revolucionou o Búzios Convention & Visitors Bureau no período que esteve como diretor executivo. Há convites para assumir a pasta do turismo ou voltar para o Convention?

 

CM: Durante a campanha de vereador recebi inúmeros convites para abrir mão da candidatura ao cargo de vereador e assumir a pasta do turismo, porém, isso era inviável diante dos compromissos que tinha assumido com o PDT. Atualmente não recebi nenhum convite e o que percebo são apenas especulações.

 

Prensa: Após a sua saída do Búzios Convention a impressão que se tem é que a instituição fechou as portas, tamanha a invisibilidade atual. O que está acontecendo?

 

CM – Estou seguro que não fechou, acredito que a nova diretoria eleita está buscando estruturar a entidade para retomar as ações. Mas é verdade que tanto o Convention quanto a secretaria de turismo deixaram muito a desejar ao logo deste ano. O trade de certa forma criou uma expectativa muito grande, mas nada aconteceu. Vamos torcer para que o turismo de Búzios volte a prosperar.

 

Prensa: Novos destinos estão despontando no Brasil e atraindo cada vez mais Turistas que tinham a Região dos Lagos, em especial Búzios, como sonho de consumo. Acha que Búzios ainda se sustenta apenas com o tripé: praia, hotelaria, e gastronomia?

 

CM: Por enquanto sim, só que  Búzios ainda é vendida apenas como um destino de sol e praia, mas na realidade vai muito além disso. Somos uma cidade resort com excelente estrutura para o turismo de negócios, casamentos, eventos esportivos, turismo ecológico, cultural etc. O problema é que não estamos sabendo comunicar isso.

 

Prensa: Você concorreu  para vereador na última eleição e  ficou como suplente e  dos candidatos que representavam o segmento do turismo você foi o que teve mais votos.  Há que se deve isso?

 

CM: Eu não decidi do nada que deveria vir candidato, eu atendi a um pedido da população. Foi uma decisão madura e apoiada por  pessoas de diversos setores da sociedade buziana. Em relação ao turismo, a divisão mais uma vez acabou deixando a Câmara sem nenhum representante.

 

Prensa: É sabido de todos que você foi cortejado por todos os grupos que disputaram as eleições pra prefeito nesta eleição, e no final você optou por vir pelo PDT. O que te motivou a isso?

 

CM: Eu queria ser coerente com a minha trajetória, já que tinha sido secretário no governo de Mirinho – não que eu fosse obrigado a isso, foi uma coisa interna minha, me pareceu que era o mais correto a fazer, só isso.

 

Prensa: Esse saudosismo de  uma Búzios de 20 ou 30 anos atrás  ajuda ou atrapalha o desenvolvimento da cidade?

 

CM: O amor e o orgulho de nossa história ajudam, porque fortalece a nossa identidade e também nos faz desejar manter a Cidade sempre no auto nível que sonhávamos. No entanto, é importante não ficarmos presos ao passado, temos que trabalhar no presente e seus desafios.

 

Prensa: As feiras sempre foram o carro chefe da divulgação turística de Búzios, no entanto hoje a internet ganhou uma força que poucos imaginavam há 20 anos:  o consumidor final está fazendo sua própria compra de pacote, sem querer fazer uso do agente, na maioria das vezes.  Fizemos essa exposição toda só pra perguntar se as feiras ainda são importantes para a divulgação da Cidade. Não haveria outros meios mais eficazes hoje?

 

CM: Essa pergunta é muito importante e ao mesmo tempo  bem delicada, mas vamos a resposta:  As Feiras continuam tendo importância para a divulgação do destino, só que nesse momento é preciso estudar bem quais são relevantes e equilibra-las com uma divulgação mais eficaz  nos meios de comunicação, em especial a internet. É importante também conquistar formadores de opinião de renome nacional, ou até mesmo mundial, para repercutir o nome  da cidade  de forma positiva.

 

Prensa: O orçamento menor, inevitável na atual conjuntura econômica mundial, vai prejudicar o trabalho do nosso secretário nos  próximos quatro anos?

 

CM: Eu tive orçamento menor que dos secretários da atual gestão e consegui um premio importante pra Cidade e fizemos um bom trabalho de divulgação e captação de turistas. E também não posso deixar de citar o trabalho desenvolvido no Convention Bureau, onde o orçamento era quase simbólico, e obtivemos muitos resultados.  O turismo não é uma seara fácil como pode parecer visto de fora, sempre tem resultado vindos de muito trabalho e estratégia.

 

Prensa: A população de Búzios  no geral compreende a importância do turismo em sua totalidade?

 

CM: Mais ou menos, no entanto não é culpa da população essa falta de compreensão. Temos que aprender a nos comunicar melhor com os moradores da Cidade.

 

 

Publicidade

Mais Lidas

‘Morte Materna Zero’ é tema de treinamento em Búzios

[views count="1" print="0"]

Verão Búzios começa com shows de Carol Biazin e Sandra de Sá no Fishbone

[views count="1" print="0"]

Maricá terá 19 palcos em diversos pontos de folia no Carnaval

[views count="1" print="0"]

A maré tá boa pro Sapato, brother arremata ‘Poder Curinga’ da semana

[views count="1" print="0"]

Procon de Cabo Frio fiscaliza cobrança de consumação mínima na Praia do Peró

[views count="1" print="0"]

Ricardo Alface vence a prova do anjo e entrega monstro aos brothers Gabriel Santana e Domitila

[views count="1" print="0"]

Últimas Notícias

Estudo aponta comportamento do mercado de equipamentos

Associação Oswaldo Goeldi obtém recursos de mais de 5 milhões para Museu Goeldi

Resistência a antibióticos é pandemia silenciosa

Filmes ao ar livre e homenagens marcam a 6ª edição da Mostra de Cinema de Fama

Turismo: 74% dos viajantes querem viagens mais sustentáveis

Espectadores mudaram a forma de assistir jogos de futebol

Publicidade

Veja também

Publicidade
Rolar para cima

Clique e saiba mais