Menu

Cidades

“… O Programa Brasil + Turismo, do Governo Federal, é ousado, ambicioso, porém,espetacular . ” – Thomas Webber

0400_x_0338_20150821121554_x1pzf

 

Presidente do Búzios Convention & Vistors Bureau analisa o programa  que pode inserir  40 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens, onde Búzios pode se beneficiar 

Por Gustavo Henrique Medeiros

12ukgbd
Thomas Webber é empresário da hotelaria e presidente do Búzios Convention & Vistors Bureaua, além de presidente do Sindsol. Foi candidato a vereador pelo PSDB na última eleição e hoje é a principal liderança do PACTO – união dos empresários e entidades de Búzios para soluções práticas de demandas da cidade.

O presidente da Associação Búzios Convention & Visitors Boreau ( BCVB ), empresário Thomas Weber classificou de ousado, ambicioso, porém, espetacular, o Programa Brasil + Turismo, do Governo Federal , apresentado recentemente pelo Ministério do Turismo. Trata-se de um pacote de medidas para fortalecer o setor no País. O programa tem propostas para desburocratizar o setor, aumentar o número de turistas, emitir vistos eletrônicos, ampliar a malha aérea regional e abrir 100% o capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento estrangeiro. Com as medidas, o governo espera gerar mais empregos no setor de turismo.

Uma outra medida importante é a alteração no Código Brasileiro de Aeronáutica para permitir a abertura de 100% do capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento estrangeiro, visando aumentar a competitividade e ampliar a malha aérea regional e o número de voos dentro do País.  A expectativa do ministério é que o número de turistas estrangeiros passe dos 6,5 milhões registrados no Brasil em 2016 para 12 milhões em 2022 e que a receita com os visitantes aumente dos atuais US$ 6 bilhões anuais para US$ 19 bilhões:

– Armação dos Búzios ocupa a quinta posição no ranking nacional com o maior número de visita de estrangeiros. As metas sugeridas no Programa, certamente, causarão forte impacto na economia do turismo da cidade. As medidas apresentadas são ousadas, que incluem várias alterações da Lei do Turismo, capacitação profissional do setor, e outras tão importantes. Recomendo a todos, acompanharem o desenvolvimento desse Programa, que tem por finalidade aquecer ainda mais a economia do turismo nacional. O turismo é uma indústria pronta, preparada, que não precisa de grandes investimentos, para gerar emprego e renda. Precisamos de divulgação do nosso destino mundo a fora para atrair ainda mais turistas para Búzios – comentou Weber , que recentemente, participou em São Paulo, da WTM – Feira de Turismo da América Latina, quando foi  da apresentado o  programa pelo ministro do turismo, Vinicius Lummertz.  O evento foi organizado pela Unedestinos, que representa diversos Conventions Boreaux Brasil a fora, inclusive o de Búzios. O secretário municipal de turismo,empresário Cesar Fernandes também esteve presente,

SEIS MILHÕES DE EMPREGO

Outro impacto esperado é a inserção de 40 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens. Atualmente, menos da metade da população viaja todos os anos (cerca de 60 milhões). A criação de quase 6 milhões de empregos é outra das conseqüências esperadas como resultado do Brasil + Turismo. Em âmbito mundial, o setor responde por um em cada 11 empregos (9%) de acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT). No Brasil, o turismo emprega direta e indiretamente 7 milhões de pessoas.  Outro ponto é a mudança da natureza jurídica e do nome da Embratur, que passa de autarquia para Serviço Social Autônomo com o nome Agência Brasileira de Promoção do Turismo. A alteração tem como meta permitir que a agência atue de forma mais competitiva no mercado de turismo internacional e receba recursos privados para desenvolver projetos. Para o financiamento da nova Embratur será destinado um percentual da arrecadação das loterias federais.

O Brasil + Turismo prevê ainda o envio de um projeto ao Congresso Nacional, em regime de urgência, para modernizar a Lei Geral do Turismo prevendo desburocratização de processos e fortalecimento de parcerias público-privadas. O governo espera, ainda, o melhor aproveitamento das áreas da União com potencial turístico, a intensificação dos programas de qualificação profissional e o fortalecimento dos órgãos estaduais de turismo.

VISTO ELETRÕNICO

Para auxiliar na ampliação do número de turistas estrangeiros, o Ministério do Turismo propôs ao Ministério das Relações Exteriores a implantação, até o fim deste ano, do visto eletrônico para turistas de países como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão:

– A concessão de visto eletrônico permite que – em um prazo de 48 horas – seja feito todo o processo de solicitação, pagamento de taxas, análise, concessão e emissão de visto. O ministro do Turismo disse que está em estudo à inclusão de outros países, entre eles a Índia e a China – informou Thomas.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/02/11/thomas-weber-novos-rumos-para-o-turismo-de-buzios/

“… O Programa Brasil + Turismo, do Governo Federal, é ousado, ambicioso, porém,espetacular . ” – Thomas Webber

0400_x_0338_20150821121554_x1pzf

 

Presidente do Búzios Convention & Vistors Bureau analisa o programa  que pode inserir  40 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens, onde Búzios pode se beneficiar 

Por Gustavo Henrique Medeiros

12ukgbd
Thomas Webber é empresário da hotelaria e presidente do Búzios Convention & Vistors Bureaua, além de presidente do Sindsol. Foi candidato a vereador pelo PSDB na última eleição e hoje é a principal liderança do PACTO – união dos empresários e entidades de Búzios para soluções práticas de demandas da cidade.

O presidente da Associação Búzios Convention & Visitors Boreau ( BCVB ), empresário Thomas Weber classificou de ousado, ambicioso, porém, espetacular, o Programa Brasil + Turismo, do Governo Federal , apresentado recentemente pelo Ministério do Turismo. Trata-se de um pacote de medidas para fortalecer o setor no País. O programa tem propostas para desburocratizar o setor, aumentar o número de turistas, emitir vistos eletrônicos, ampliar a malha aérea regional e abrir 100% o capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento estrangeiro. Com as medidas, o governo espera gerar mais empregos no setor de turismo.

Uma outra medida importante é a alteração no Código Brasileiro de Aeronáutica para permitir a abertura de 100% do capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento estrangeiro, visando aumentar a competitividade e ampliar a malha aérea regional e o número de voos dentro do País.  A expectativa do ministério é que o número de turistas estrangeiros passe dos 6,5 milhões registrados no Brasil em 2016 para 12 milhões em 2022 e que a receita com os visitantes aumente dos atuais US$ 6 bilhões anuais para US$ 19 bilhões:

– Armação dos Búzios ocupa a quinta posição no ranking nacional com o maior número de visita de estrangeiros. As metas sugeridas no Programa, certamente, causarão forte impacto na economia do turismo da cidade. As medidas apresentadas são ousadas, que incluem várias alterações da Lei do Turismo, capacitação profissional do setor, e outras tão importantes. Recomendo a todos, acompanharem o desenvolvimento desse Programa, que tem por finalidade aquecer ainda mais a economia do turismo nacional. O turismo é uma indústria pronta, preparada, que não precisa de grandes investimentos, para gerar emprego e renda. Precisamos de divulgação do nosso destino mundo a fora para atrair ainda mais turistas para Búzios – comentou Weber , que recentemente, participou em São Paulo, da WTM – Feira de Turismo da América Latina, quando foi  da apresentado o  programa pelo ministro do turismo, Vinicius Lummertz.  O evento foi organizado pela Unedestinos, que representa diversos Conventions Boreaux Brasil a fora, inclusive o de Búzios. O secretário municipal de turismo,empresário Cesar Fernandes também esteve presente,

SEIS MILHÕES DE EMPREGO

Outro impacto esperado é a inserção de 40 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens. Atualmente, menos da metade da população viaja todos os anos (cerca de 60 milhões). A criação de quase 6 milhões de empregos é outra das conseqüências esperadas como resultado do Brasil + Turismo. Em âmbito mundial, o setor responde por um em cada 11 empregos (9%) de acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT). No Brasil, o turismo emprega direta e indiretamente 7 milhões de pessoas.  Outro ponto é a mudança da natureza jurídica e do nome da Embratur, que passa de autarquia para Serviço Social Autônomo com o nome Agência Brasileira de Promoção do Turismo. A alteração tem como meta permitir que a agência atue de forma mais competitiva no mercado de turismo internacional e receba recursos privados para desenvolver projetos. Para o financiamento da nova Embratur será destinado um percentual da arrecadação das loterias federais.

O Brasil + Turismo prevê ainda o envio de um projeto ao Congresso Nacional, em regime de urgência, para modernizar a Lei Geral do Turismo prevendo desburocratização de processos e fortalecimento de parcerias público-privadas. O governo espera, ainda, o melhor aproveitamento das áreas da União com potencial turístico, a intensificação dos programas de qualificação profissional e o fortalecimento dos órgãos estaduais de turismo.

VISTO ELETRÕNICO

Para auxiliar na ampliação do número de turistas estrangeiros, o Ministério do Turismo propôs ao Ministério das Relações Exteriores a implantação, até o fim deste ano, do visto eletrônico para turistas de países como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão:

– A concessão de visto eletrônico permite que – em um prazo de 48 horas – seja feito todo o processo de solicitação, pagamento de taxas, análise, concessão e emissão de visto. O ministro do Turismo disse que está em estudo à inclusão de outros países, entre eles a Índia e a China – informou Thomas.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/02/11/thomas-weber-novos-rumos-para-o-turismo-de-buzios/

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Bell Marques lança “100% Você”, empresa de suplementação

Portalmad Portas e Janelas investe em madeira sustentável

Lances para leilões on-line de bens de apartamentos decorados estão abertos

Piscinas devem ter uso consciente da água, diz especialista

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.