Menu

Cidades

O paraíso é aqui, Búzios

Eduardo Almeida é advogado, foi delegado da polícia federal. tem o titulo de cidadão buziano e agora a honraria Sobral Pinto, escreveu para o Jornal Primeira Hora e Perú Molhado. Hoje é super colunista do Prensa de Babe
Eduardo Almeida é advogado, foi delegado da polícia federal. tem o titulo de cidadão buziano e agora a honraria Sobral Pinto, escreveu para o Jornal Primeira Hora e Perú Molhado. Hoje é super colunista do Prensa de Babe

Por Eduardo Almeida

eduardo-almeida
Eduardo está atento a paranoia de mais e mais cachorros, cercas elétricas e seguranças privados em cada rua

Pois é amigos, jamais imaginei ver na  minha idade coisas tão esdruxulas, coisas fora do comum, como tenho visto atualmente. Tenho viajado muito e na maior parte das vezes para Rio e São Paulo. E nessas viagens o prato principal é a segurança. No Rio o medo das pessoas é tão grande que vi no bairro de Santa Tereza, ruas sendo fechadas e colocadas cancelas para não entrar nenhum estranho.

                            O inimigos número um, as motos

O grande perigo são as motos. Pelo que contam, todos os assaltantes usam motos e todos estão armados. Um assalto vira dez e ao fim do dia são centenas de não assaltos ocorridos. Vi em ruas fechadas e com segurança, as areas mais seguras, dezenas de pessoas fazendo o seu caminhar diário, eles vão e vem na mesma rua, dezenas de  pessoas, a procissão da saúde.

                    As ruas com segurança, vagas valem ouro

Nas ruas onde tem segurança a vaga para estacionar é privilégio de poucos. Os seguranças também tem medo, e a noite na madruga  vendo que o movimento zerou eles se escondem em cantinhos para não serem vistos.

                    Todos sabem quem são os ladrões

Tem casos em que os assaltantes roubaram TODOS os passageiros do bondinho de Santa Tereza, não escapou nem o motorneiro, da mesma forma, assaltaram todos os passageiros de um ônibus lotado, os passageiros fizeram fila para serem assaltados. Todos sabem quem são os assaltantes, na maioria garotos com especialização em presídios de Bangu, a maior escola do crime do mundo. Quando entram são do primeiro grau, quando saem já vem com doutorado.

No final a Polícia gosta, os plantões são mais calmos, todo mundo em casa, o crime baixando

Essa situação insólita faz com que os crimes diminuam, sem o povo nas ruas menos crimes, em compensação mais cachorros, cercas elétricas e seguranças privados em cada rua.

Aqui em Búzios, também existe o medo, alias o medo independe do fato e do lugar. Se você tem medo, o lugar pode ser seguro, que você viverá com medo. Mas quando digo que moro em Búzios, todos ficam encantados, é sonho deles seria morar aqui. Somos felizes e não sabemos, alias somos felizes e morremos de medo.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/02/13/buzios-pretende-virar-big-brother-em-prol-da-seguranca-publica/

O paraíso é aqui, Búzios

Eduardo Almeida é advogado, foi delegado da polícia federal. tem o titulo de cidadão buziano e agora a honraria Sobral Pinto, escreveu para o Jornal Primeira Hora e Perú Molhado. Hoje é super colunista do Prensa de Babe
Eduardo Almeida é advogado, foi delegado da polícia federal. tem o titulo de cidadão buziano e agora a honraria Sobral Pinto, escreveu para o Jornal Primeira Hora e Perú Molhado. Hoje é super colunista do Prensa de Babe

Por Eduardo Almeida

eduardo-almeida
Eduardo está atento a paranoia de mais e mais cachorros, cercas elétricas e seguranças privados em cada rua

Pois é amigos, jamais imaginei ver na  minha idade coisas tão esdruxulas, coisas fora do comum, como tenho visto atualmente. Tenho viajado muito e na maior parte das vezes para Rio e São Paulo. E nessas viagens o prato principal é a segurança. No Rio o medo das pessoas é tão grande que vi no bairro de Santa Tereza, ruas sendo fechadas e colocadas cancelas para não entrar nenhum estranho.

                            O inimigos número um, as motos

O grande perigo são as motos. Pelo que contam, todos os assaltantes usam motos e todos estão armados. Um assalto vira dez e ao fim do dia são centenas de não assaltos ocorridos. Vi em ruas fechadas e com segurança, as areas mais seguras, dezenas de pessoas fazendo o seu caminhar diário, eles vão e vem na mesma rua, dezenas de  pessoas, a procissão da saúde.

                    As ruas com segurança, vagas valem ouro

Nas ruas onde tem segurança a vaga para estacionar é privilégio de poucos. Os seguranças também tem medo, e a noite na madruga  vendo que o movimento zerou eles se escondem em cantinhos para não serem vistos.

                    Todos sabem quem são os ladrões

Tem casos em que os assaltantes roubaram TODOS os passageiros do bondinho de Santa Tereza, não escapou nem o motorneiro, da mesma forma, assaltaram todos os passageiros de um ônibus lotado, os passageiros fizeram fila para serem assaltados. Todos sabem quem são os assaltantes, na maioria garotos com especialização em presídios de Bangu, a maior escola do crime do mundo. Quando entram são do primeiro grau, quando saem já vem com doutorado.

No final a Polícia gosta, os plantões são mais calmos, todo mundo em casa, o crime baixando

Essa situação insólita faz com que os crimes diminuam, sem o povo nas ruas menos crimes, em compensação mais cachorros, cercas elétricas e seguranças privados em cada rua.

Aqui em Búzios, também existe o medo, alias o medo independe do fato e do lugar. Se você tem medo, o lugar pode ser seguro, que você viverá com medo. Mas quando digo que moro em Búzios, todos ficam encantados, é sonho deles seria morar aqui. Somos felizes e não sabemos, alias somos felizes e morremos de medo.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/02/13/buzios-pretende-virar-big-brother-em-prol-da-seguranca-publica/

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Bell Marques lança “100% Você”, empresa de suplementação

Portalmad Portas e Janelas investe em madeira sustentável

Lances para leilões on-line de bens de apartamentos decorados estão abertos

Piscinas devem ter uso consciente da água, diz especialista

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.