Mulheres que inspiram: Livia Sá

Livia Sá é mãe, enfermeira e consultora em amamentação. Recentemente, foi empossada como Conselheira dos Direitos da Mulher em Macaé.

Dando continuidade ao projeto “Mulheres que inspiram“, nova série da Prensa que vai homenagear mulheres ativistas na Costa do Sol, o especial de hoje mostrará a história de vida de Livia Sá, nome conhecido em Macaé por ajudar mulheres com a amamentação.

Livia é mãe, enfermeira e consultora em amamentação. Ela conta que seu contato como ativista de causas sociais com foco na criação do Banco de Leite Materno em Macaé, onde mora há 9 anos, aconteceu depois que se tornou mãe.

A sua experiência com a falta de informação sobre o parto e a amamentação depois do nascimento do primeiro filho fez com que ela resolvesse pesquisar mais sobre o assunto e ajudar outras mães. Segundo ela, seu filho Arthur teve desconforto respiratório após nascer e precisou ficar internado por 11 dias na UTI. Afastada do filho, ela conta que não conseguia produzir leite. Foi assim que Livia descobriu que não havia Banco de Leite na cidade.

Livia Sá com seu filho Arthur na maternidade | Foto: Arquivo pessoal

“Depois que voltamos pra casa, comecei a pesquisar várias opções de como amamentar. O Arthur começou a mamar na chuquinha quando estava no hospital. Só dois dias depois que estávamos em casa que consegui fazer com que ele mamasse no meu peito. Ele desmamou aos 3 anos. Eu tive muita dificuldade com a amamentação dele, precisei fazer relactação, tive que ter muita paciência porque ele chorava bastante. Um tempo depois comecei a contar a minha experiência para algumas amigas que participavam do grupo Aldeia de Mães. As mães desse grupo começaram a me pedir conselhos e dicas e eu fui dando, mas ainda não era profissional. Só falava o que eu sabia. Foi com o incentivo delas dizendo que eu era boa com isso que eu resolvi pesquisar mais a fundo e entrar nesse meio, acabei descobrindo que tinha curso de consultora de amamentação”, contou Livia.

O grupo de mães no WhatsApp ainda gerou um monte de debates, entre eles o questionamento de por que Macaé não tem um banco de leite materno. Com essa indagação em mente, ela e uma amiga resolveram parar de só perguntar e agir para conseguir o espaço. Assim, em 2017, o grupo Amor Líquido foi criado para atrair atenção do governo municipal e da população macaense para conseguir a tão sonhada conquista.

O grupo Amor em Líquido participou de vários movimentos para atrair atenção do governo municipal para a criação de um Banco de Leite em Macaé | Foto: Arquivo pessoal

Com esse movimento, Livia começou a ser conhecida pela cidade e em 2020 foi convidada para entrar na vida política. Primeiramente, era pra ser uma candidata a vereadora e depois foi chamada para ser a vice de Igor Sardinha nas eleições municipais. Sabendo que era uma grande responsabilidade, ela acabou aceitando por querer trazer as lutas das mulheres para as pautas e poder fazer alguma diferença para as pessoas.

“Eu aceitei o convite por conta da representatividade e também por ser uma forma de chamar atenção para a campanha do Banco de Leite. Eu não ia perder nada, sabia que precisava aceitar para poder agir, não podia mais ficar só cobrando que políticos representassem a gente, se quando eu recebia um convite não fosse aceitar. Então eu tinha que aceitar esse desafio”, refletiu Livia.

Mesmo não ganhando a eleição, Livia disse que pretende continuar se candidatando nos próximos anos, pois se encantou em conhecer mais sobre Macaé e ver onde pode ajudar.

“Não ganhamos, mas depois de vivenciar essa experiência tive a certeza que o bichinho da política me picou e que eu nunca mais vou desistir (risos). Mesmo que eu não entre ou demore a entrar, eu acho que a pauta ser levada em discussão é muito importante. Nós conversamos sobre questões da mulher, das creches que não têm, do banco de leite, dos direitos que as mulheres não têm, principalmente na pandemia. Enfim, eu não sou de desistir dos desafios, eu preciso aproveitar as oportunidades sempre”, concluiu.

Recentemente, Livia foi empossada como Conselheira dos Direitos da Mulher em Macaé e também continua como consultora de amamentação. Além de participar de palestras, oferecer cursos e fazer consultas on-line. Para acompanhar o trabalho dela basta segui-la em suas redes sociais ou entrar em contato pelo número de WhatsApp (22) 99761-0745.

Livia ainda disse que não se considera como uma inspiração, mas, sim, como uma incentivadora. Para ela, apoiar as pessoas é essencial.

Comentários

Windows Lizenz Windows 10 Lizenz Office 2019 Lizenz Kaufen Office 365 kaufen Windows 10 Home kaufen Office 2016 kaufen lisans satın al office 2019 satın al follower kaufen instagram follower kaufen porno