Menu

Cidades

MPF denuncia quiosques da Praia da Tartaruga

Foto: Ricardo Junior
Foto: Ricardo Junior
Foto: Ricardo Junior
Foto: Ricardo Junior

Proprietários de quiosques da Praia da Tartaruga, em Búzios, foram denunciados em seis artigos pelo Ministério Público Federal (MPF) por construções irregulares. Os denunciados mantiveram, em área de preservação permanente, estabelecimento comercial potencialmente poluidor, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, crime previsto no artigo 60 da Lei 9.605/98.

Foi constatado o funcionamento dos estabelecimentos comerciais de forma irregular, segundo perícia da Policia Federal. Como o local não é servido por sistema de fornecimento de água, os comerciantes traziam a água para lavagem dos utensílios em galões, e o descarte era feito no ambiente ao redor dos quiosques, sobre o piso ou sobre as plantas.

Danos ambientais também foram constatados pelo laudo da PF, tais como: supressão da vegetação em tempo remoto em área de preservação permanente, diminuição da fertilidade do solo, danos à micro, meso e macro fauna edáficas (animais que vivem dependendo diretamente do solo, minhocas, determinados besouros, vermes, nematódeos, e os predadores tipo toupeira) a partir da remoção da vegetação e da serrapilheira, entre outros.

Construir, reformar, ampliar, instalar ou fazer funcionar, em qualquer parte do território nacional, estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou contrariando as normas legais e regulamentares pertinentes: detenção, de um a seis meses, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

 

 

MPF denuncia quiosques da Praia da Tartaruga

Foto: Ricardo Junior
Foto: Ricardo Junior
Foto: Ricardo Junior
Foto: Ricardo Junior

Proprietários de quiosques da Praia da Tartaruga, em Búzios, foram denunciados em seis artigos pelo Ministério Público Federal (MPF) por construções irregulares. Os denunciados mantiveram, em área de preservação permanente, estabelecimento comercial potencialmente poluidor, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, crime previsto no artigo 60 da Lei 9.605/98.

Foi constatado o funcionamento dos estabelecimentos comerciais de forma irregular, segundo perícia da Policia Federal. Como o local não é servido por sistema de fornecimento de água, os comerciantes traziam a água para lavagem dos utensílios em galões, e o descarte era feito no ambiente ao redor dos quiosques, sobre o piso ou sobre as plantas.

Danos ambientais também foram constatados pelo laudo da PF, tais como: supressão da vegetação em tempo remoto em área de preservação permanente, diminuição da fertilidade do solo, danos à micro, meso e macro fauna edáficas (animais que vivem dependendo diretamente do solo, minhocas, determinados besouros, vermes, nematódeos, e os predadores tipo toupeira) a partir da remoção da vegetação e da serrapilheira, entre outros.

Construir, reformar, ampliar, instalar ou fazer funcionar, em qualquer parte do território nacional, estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores, sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes, ou contrariando as normas legais e regulamentares pertinentes: detenção, de um a seis meses, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

 

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Empresa esclarece as diferenças entre os cabos elétricos de 750 V e os de 1 kV

Race kart da Elevar Energia destaca eixo social do ESG

Ecoturista é um amante da natureza que contempla a beleza do local

Shopping Park Lagos terá “Festival Comida de Boteco”

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.