Menu

Cidades

Moradores de Búzios alertam para focos de dengue em diversos bairros

Leitores da Prensa enviaram fotos de poças e áreas com acúmulo de água, condições propícias para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika
dengue tucuns

Moradores de diferentes bairros em Búzios estão preocupados com possíveis criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti pelas ruas e terrenos da cidade.

Leitores da Prensa enviaram fotos de poças e áreas com acúmulo de água, condições propícias para a proliferação das larvas desse mosquito que é transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika.

Um morador do canto esquerdo de Tucuns compartilhou sua apreensão com a situação.
“Moro no canto esquerdo de Tucuns e o cenário é esse. As poças d’água são evidentes, e isso me preocupa muito. Precisamos de ações urgentes. Espero que as autoridades possam tomar medidas eficazes o quanto antes”, declarou o morador.

Em resposta às preocupações da população, a Prefeitura de Búzios emitiu uma nota informando que no ano passado Búzios registrou somente dois casos confirmados de dengue, sem ocorrência de mortes relacionadas a arboviroses. Esclareceu ainda que o município foi classificado como baixo risco de contaminação no mesmo período. A gestão municipal disse ainda que está realizando o Levantamento Rápido do Aedes Aegypti (LIRA) para obter dados sobre a presença do vetor neste mês.

Por fim, a Prefeitura destacou as ações em andamento para o controle da situação, incluindo a eliminação de criadouros, aplicação de larvicidas e orientação à população sobre medidas preventivas. Estratégias de educação em saúde, campanhas de conscientização e o reforço da importância da participação comunitária no combate ao mosquito também foram pontuados na resposta.

“Reiteramos nosso compromisso em garantir a saúde e bem-estar da população, e continuaremos a trabalhar de maneira proativa para manter Búzios em situação de baixo risco, contando com a colaboração de todos os munícipes,” concluiu a nota.

Moradores de Búzios alertam para focos de dengue em diversos bairros

Leitores da Prensa enviaram fotos de poças e áreas com acúmulo de água, condições propícias para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika
dengue tucuns

Moradores de diferentes bairros em Búzios estão preocupados com possíveis criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti pelas ruas e terrenos da cidade.

Leitores da Prensa enviaram fotos de poças e áreas com acúmulo de água, condições propícias para a proliferação das larvas desse mosquito que é transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika.

Um morador do canto esquerdo de Tucuns compartilhou sua apreensão com a situação.
“Moro no canto esquerdo de Tucuns e o cenário é esse. As poças d’água são evidentes, e isso me preocupa muito. Precisamos de ações urgentes. Espero que as autoridades possam tomar medidas eficazes o quanto antes”, declarou o morador.

Em resposta às preocupações da população, a Prefeitura de Búzios emitiu uma nota informando que no ano passado Búzios registrou somente dois casos confirmados de dengue, sem ocorrência de mortes relacionadas a arboviroses. Esclareceu ainda que o município foi classificado como baixo risco de contaminação no mesmo período. A gestão municipal disse ainda que está realizando o Levantamento Rápido do Aedes Aegypti (LIRA) para obter dados sobre a presença do vetor neste mês.

Por fim, a Prefeitura destacou as ações em andamento para o controle da situação, incluindo a eliminação de criadouros, aplicação de larvicidas e orientação à população sobre medidas preventivas. Estratégias de educação em saúde, campanhas de conscientização e o reforço da importância da participação comunitária no combate ao mosquito também foram pontuados na resposta.

“Reiteramos nosso compromisso em garantir a saúde e bem-estar da população, e continuaremos a trabalhar de maneira proativa para manter Búzios em situação de baixo risco, contando com a colaboração de todos os munícipes,” concluiu a nota.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Em BH, escola para dentistas acompanha tendência de mercado

Ortopedistas alertam sobre os perigos de quedas para idosos

Cancelamentos de planos coletivos geram alerta nacional

Taxa de Absenteísmo alta traz prejuízos em empresas

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.