Menu

Cidades

Medida de secretário de turismo de Búzios fere dinâmica de mercado

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A fila de carros de city tour barrados em frente ao DPO de Manguinhos

Em reunião na Secretaria de Turismo, na noite da última quarta-feira (18), o secretário de turismo, Cezar Fernandes do Troller, decidiu – de acordo com um dos diretores da Associação Comercial de Búzios (ACEB), Jackie, sem consultar ou mesmo ouvir os empresários do setor, que o preço da city tour para Arraial do Cabo será de R$ 160,00 por turista, e que nenhuma empresa poderá praticar preços  menores.

Houve descontentamento com a decisão por parte do diretor da ACEB, que afirma que ao tentar questionar a decisão, teve a reunião bruscamente encerrada sem condições de argumentar.  Jackie ainda afirma que foi tratado de forma truculenta pelo secretário de turismo, que não teria aceitado que se marcasse outra reunião para discutir a medida inusitada.

Criando um valor único fere-se dinâmicas básicas da economia de mercado, como a livre concorrência. Também fere a lei, não pode fazer reunião para definir preço único, fere a legislação. O turista fica sem opção de escolher a empresa que lhe oferece os melhores valores e serviços. No entanto,  na última sexta-feira, 20,  um grupo de empresários, foi recebido pelo vice-prefeito Henrique Gomes que ajudou a equalizar a questão.

Os argumentos dos empresários do setor também envolveram outra medida polêmica de Cezar: a cobrança da nota fiscal logo na saída do passeio – a nota fiscal deve ser emitida após a prestação do serviço, o ISSQN deve ser recolhido até o dia 10 do mês seguinte a prestação.

Cezar voltou atrás, após esta segunda  reunião entre ele, empresários e o vice-prefeito, e  não é mais obrigatória a apresentação da Nota Fiscal e nem será mais obrigatório o nivelamento do valor para o city tour.  O que precisa agora é a apresentação da ordem de serviço e da lista de passageiros. Inclusive, foi emitido um comunicado a todas as empresas  prestadoras deste serviço na Cidade.

De acordo com os participantes, esta segunda reunião foi tranquila e de mais dialogo que a primeira.  Na manhã desta segunda-feira, 23, diversas vans e micro-ônibus que realizam o city tour foram barrados na saída do pórtico da Cidade por não estarem dentro das normas recém criadas por Cezar Fernandes do Troller.

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Coletivo GRIOT promove cortejo de bloco afro no Canto do Forte, em Cabo Frio neste domingo (26)

Wine in Búzios 2024 anuncia programação do festival

Palestra em Búzios sobre paisagismo urbano e diversidade vegetal da Região dos Lagos  

Megaoperação policial desmantela império do tráfico do Comando Vermelho em Búzios e outras cidades do país