Maricá promove Circuito Feira Livre Solidária para valorizar produtores e artesãos dos bairros

Polo de Cordeirinhos será inaugurado no próximo sábado (11)

PROLAGOS 300_250_pix

Como objetivo de promover a divulgação e valorizar a cultura maricaense por meio dos produtores e artesãos, a Prefeitura está realizando uma Circuito Feira Livre Solidária que vai movimentar a economia do comércio dos bairros com venda de roupas, artesanatos e comidas feitas pela população local. O próximo bairro a receber a feira livre é Cordeirinhos, que inaugura uma polo neste sábado, das 8h às 17h.

A iniciativa é da Secretaria de Economia Solidária com apoio da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher. O Circuito Feira Livre Solidária já conta com feira livre no Centro, Itaipuaçu e Inoã, inaugurada na semana passada.

“Eu me sinto muito feliz, é gratificante estar aqui porque eu tenho 62 anos e foi só depois eu vim morar em Maricá que meu trabalho foi valorizado”, relata Neydivaldo Faustino, feirante morador de Inoã.

De acordo com a secretária de Economia Solidária, Rebeca Azevedo, “o objetivo é levar a feira para outros bairros e contemplar mais pessoas, como Jaconé, São José do Imbassaí e outros”.

Comentários