Maricá lança pedra fundamental do maior Teleporto da América Latina

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Projeto vai distribuir tecnologia 5G via satélite e gerar oportunidades de empregos para o município

A pedra fundamental do maior Teleporto da América Latina foi lançada na segunda-feira (14) com a presença de executivos da Telespazio Brasil e representantes da Prefeitura de Maricá e do governo do Estado. Com esse empreendimento de 700 satélites 5G, o município será um polo tecnológico de óleo e gás, gerando empregos e desenvolvimento.

O Teleporto será construído em uma área da fazenda Nossa Senhora do Amparo, no bairro Retiro. A expectativa do grupo Telespazio, subsidiária da joint venture italiana Leonardo e Thales, é que o Teleporto de Maricá entre em funcionamento antes do fim deste ano.

Publicidade

“Projetos desta envergadura trazem desenvolvimento, emprego, arrecadação e, principalmente, protagonismo para a cidade. O Brasil ainda não conhece nada desse tipo e é até difícil dimensionar, mas o certo é que isso muda o tamanho do país neste mercado”, afirmou o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), Olavo Noleto.

A assinatura do projeto de joint venture entre a CODEMAR e o grupo italiano foi em fevereiro de 2020. Foto: Evelen Gouvêa

O lançamento da pedra fundamental acontece dois anos após a assinatura do projeto de joint venture entre a CODEMAR e o grupo italiano em fevereiro de 2020.

O Teleporto de Maricá terá constelação com cerca de 700 satélites, que será lançada em órbita pela OneWeb, empresa de comunicações via satélite, infraestrutura e serviços. O projeto permitirá acesso à internet de alta velocidade e baixa latência, comunicações de alta segurança para instituições governamentais, defesa, indústrias de petróleo, aviação e navegação, além de empresas de telefonia móvel que trazem 3G, 4G e 5G para todas as partes do Brasil.

O CEO da Telespazio Brasil, Marzio Laurenti, destacou o motivo da escolha de Maricá para sediar o projeto do novo Teleporto que, segundo ele, não foi por acaso.

“Viemos para a cidade por ela ser um importante polo de petróleo do Brasil. Teremos uma parceria perfeita em Maricá, porque será uma grande vitrine nacional. Hoje iniciamos um trabalho voltado para a hospedagem dos acessos de satélite que estarão em funcionamento em toda a América Latina até o final do ano, mesmo período em que a constelação da OneWeb começará a iniciar serviços globais com sua rede”, afirmou.

O secretário estadual Casa Civil, Nicola Miccione, afirmou que este é mais um importante empreendimento para o Estado, pois leva vocação tecnológica para o interior.

“Este será um dos centros de telecomunicações mais importantes da América do Sul, com maior qualidade de transmissão. Novas gerações poderão ter acesso ao desenvolvimento tecnológico. É um trabalho que permite ao Rio ter um interior forte. Essa é uma das premissas da gestão do governador Cláudio Castro, que vai fortalecer não só Maricá, mas toda a região do seu entorno”, disse.

A cerimônia contou ainda com as presenças do embaixador italiano no Brasil, Francesco Azzarello; do cônsul geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia; do cônsul geral do Reino Unido no Rio de Janeiro, Anjoum Noorani.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

Ex-bbb, Juliette Freire, a nova Nazaré Tedesco

Sextou com uma notícia maravilhosa para o bolso dos cidadãos do estado do Rio de Janeiro

Cinco atrizes com histórias em Búzios

Shopping Park Lagos, em Cabo Frio, promove Festival de Tênis de Mesa neste fim de semana

MPRJ e Polícia Civil realizam operação contra organização criminosa de compra e venda de combustíveis através de empresa fantasma

Lucy Alves é a grande atração do Arraiá de Maricá neste fim de semana