Menu

Cidades

Maio Amarelo: DER-RJ realiza blitz educativa na RJ-140, na Região dos Lagos

Ação em parceria com a Polícia Rodoviária, visa conscientizar motoristas para a redução de acidentes de trânsito
São Pedro da Aldeia, RJ - 29.05.2024 - Ação Maio Amarelo na RJ-140 em São Pedro da Aldeia, realizada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em parceria com a CPRv (Comando de Polícia Rodoviário). Foto Michel Filho/EIOP
São Pedro da Aldeia, RJ - 29.05.2024 - Ação Maio Amarelo na RJ-140 em São Pedro da Aldeia, realizada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em parceria com a CPRv (Comando de Polícia Rodoviário). Foto Michel Filho/EIOP

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) realizou na manhã desta quarta-feira (29) uma blitz educativa para marcar o encerramento da campanha internacional do Maio Amarelo, na RJ-140, na Região dos Lagos, onde cerca de 58.500 veículos devem passar neste feriado prolongado de Corpus Christi. De acordo com dados da Polícia Militar, a rodovia é a quarta no estado em número de acidentes.

Durante a operação, realizada com apoio do Comando da Polícia Rodoviária (CPRv), os motoristas participaram de simulações com óculos de realidade virtual que mostram o que acontece ao dirigir sob os efeitos do álcool e do sono, além de teste de conhecimento sobre a legislação de trânsito, com placas de sinalização. distribuição de material educativo e brindes, como chaveiros e lixeiras para carros.

O presidente do DER, Pedro Ramos, chamou atenção para a necessidade de promover ações de conscientização para a redução de acidentes nas estradas.

“A maioria dos acidentes nas rodovias estaduais tem como causa a imprudência de motoristas. A ultrapassagem em local proibido e o excesso de velocidade são as principais infrações. É preciso que os motoristas tenham consciência de que a paz no trânsito é uma escolha, como diz o lema da campanha Maio Amarelo deste ano.”

O vice-presidente do DER, Gladstone Felippo, que coordena as ações educativas, ressalta que a blitz não terá intenção punitiva. Ele destacou que o objetivo é informar as pessoas das consequências da irresponsabilidade dos motoristas nas estradas.

“Nosso objetivo é conscientizar as pessoas de que práticas simples, como colocar o cinto de segurança, que é obrigatório por lei, pode salvar vidas. É importante respeitar os próprios limites antes de pegar o volante. Se não estiver em boas condições para dirigir, não se arrisque. Os simuladores que usamos nas atividades interativas durante as ações, por exemplo, mostram como a visão e coordenação motora ficam prejudicadas e impossibilitam os motoristas de prestarem atenção e tomarem decisões rápidas.”

Motoristas que participaram da ação destacaram a importância de blitzes educativas para a redução de acidentes nas estradas. O servidor público, José Luiz Albuquerque, passou pelos cones colocados na tenda do DER após usar os óculos simuladores.

“Essa é uma ação que reforça as coisas que a gente deveria saber. Às vezes as pessoas dirigem sem responsabilidade, então esses simuladores ajudam a gente perceber o quão perigoso é dirigir sob efeito de álcool ou com sono.”

O comerciante Felipe Silva Stoque está viajando para outro estado e elogiou a ação conjunta do DER e PM.

“A experiência é muito educativa. Eu perdi totalmente os reflexos e me senti inseguro ao usar os óculos simuladores. É irresponsabilidade dirigir sem estar em condições. Colocamos a nossa e a vida dos outros em risco.”

Mais de 800 acidentes nas rodovias estaduais em quatro meses. Em 2023, foram registrados quase 5 mil acidentes nas rodovias estaduais fluminenses. Do total, 4.617 pessoas ficaram feridas e 234 morreram. Somente nos primeiros quatro meses deste ano, foram 830 acidentes, com 792 feridos e 38 mortos.

Educação no trânsito e solidariedade às vítimas das enchentes no RS

Durante a ação, as equipes do DER e da Polícia Rodoviária montaram um ponto de coleta de donativos para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. As doações entregues no posto do CPRv, onde foi realizada a blitz educativa, serão encaminhadas para o RioSolidário, que vai enviar os itens para o estado do Sul. Os itens essenciais, neste momento, são alimentos não perecíveis, garrafas de água, produtos de higiene pessoal, fraldas, material de limpeza, ração de animais, roupas e cobertores.

Maio Amarelo: DER-RJ realiza blitz educativa na RJ-140, na Região dos Lagos

Ação em parceria com a Polícia Rodoviária, visa conscientizar motoristas para a redução de acidentes de trânsito
São Pedro da Aldeia, RJ - 29.05.2024 - Ação Maio Amarelo na RJ-140 em São Pedro da Aldeia, realizada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em parceria com a CPRv (Comando de Polícia Rodoviário). Foto Michel Filho/EIOP
São Pedro da Aldeia, RJ - 29.05.2024 - Ação Maio Amarelo na RJ-140 em São Pedro da Aldeia, realizada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em parceria com a CPRv (Comando de Polícia Rodoviário). Foto Michel Filho/EIOP

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) realizou na manhã desta quarta-feira (29) uma blitz educativa para marcar o encerramento da campanha internacional do Maio Amarelo, na RJ-140, na Região dos Lagos, onde cerca de 58.500 veículos devem passar neste feriado prolongado de Corpus Christi. De acordo com dados da Polícia Militar, a rodovia é a quarta no estado em número de acidentes.

Durante a operação, realizada com apoio do Comando da Polícia Rodoviária (CPRv), os motoristas participaram de simulações com óculos de realidade virtual que mostram o que acontece ao dirigir sob os efeitos do álcool e do sono, além de teste de conhecimento sobre a legislação de trânsito, com placas de sinalização. distribuição de material educativo e brindes, como chaveiros e lixeiras para carros.

O presidente do DER, Pedro Ramos, chamou atenção para a necessidade de promover ações de conscientização para a redução de acidentes nas estradas.

“A maioria dos acidentes nas rodovias estaduais tem como causa a imprudência de motoristas. A ultrapassagem em local proibido e o excesso de velocidade são as principais infrações. É preciso que os motoristas tenham consciência de que a paz no trânsito é uma escolha, como diz o lema da campanha Maio Amarelo deste ano.”

O vice-presidente do DER, Gladstone Felippo, que coordena as ações educativas, ressalta que a blitz não terá intenção punitiva. Ele destacou que o objetivo é informar as pessoas das consequências da irresponsabilidade dos motoristas nas estradas.

“Nosso objetivo é conscientizar as pessoas de que práticas simples, como colocar o cinto de segurança, que é obrigatório por lei, pode salvar vidas. É importante respeitar os próprios limites antes de pegar o volante. Se não estiver em boas condições para dirigir, não se arrisque. Os simuladores que usamos nas atividades interativas durante as ações, por exemplo, mostram como a visão e coordenação motora ficam prejudicadas e impossibilitam os motoristas de prestarem atenção e tomarem decisões rápidas.”

Motoristas que participaram da ação destacaram a importância de blitzes educativas para a redução de acidentes nas estradas. O servidor público, José Luiz Albuquerque, passou pelos cones colocados na tenda do DER após usar os óculos simuladores.

“Essa é uma ação que reforça as coisas que a gente deveria saber. Às vezes as pessoas dirigem sem responsabilidade, então esses simuladores ajudam a gente perceber o quão perigoso é dirigir sob efeito de álcool ou com sono.”

O comerciante Felipe Silva Stoque está viajando para outro estado e elogiou a ação conjunta do DER e PM.

“A experiência é muito educativa. Eu perdi totalmente os reflexos e me senti inseguro ao usar os óculos simuladores. É irresponsabilidade dirigir sem estar em condições. Colocamos a nossa e a vida dos outros em risco.”

Mais de 800 acidentes nas rodovias estaduais em quatro meses. Em 2023, foram registrados quase 5 mil acidentes nas rodovias estaduais fluminenses. Do total, 4.617 pessoas ficaram feridas e 234 morreram. Somente nos primeiros quatro meses deste ano, foram 830 acidentes, com 792 feridos e 38 mortos.

Educação no trânsito e solidariedade às vítimas das enchentes no RS

Durante a ação, as equipes do DER e da Polícia Rodoviária montaram um ponto de coleta de donativos para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. As doações entregues no posto do CPRv, onde foi realizada a blitz educativa, serão encaminhadas para o RioSolidário, que vai enviar os itens para o estado do Sul. Os itens essenciais, neste momento, são alimentos não perecíveis, garrafas de água, produtos de higiene pessoal, fraldas, material de limpeza, ração de animais, roupas e cobertores.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

ONC Care da Hill’s traz nutrição de apoio para pets em tratamento oncológico

Projetos de pesquisa do câncer recebem prêmio internacional

São Paulo sedia Campeonato Brasileiro de Remo Master

Especialista alerta sobre novo golpe dos precatórios

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.