Menu

Cidades

Macaé:Granja e Vale Encantado em situação de abandono

granja-dos-cavaleiros-macae

Na sessão ordinária do dia 16 de maio, o vereador Marcel Silvano apresentou em plenária um requerimento pedindo a convocação do Secretário de Obras, Antônio Nunes Pires para dar detalhes sobre a situação das obras nos bairros Granja dos Cavaleiros e Vale Encantado. Na ocasião, o requerimento foi rejeitado pela bancada governista. Uma semana depois, as chuvas castigam o bairro e mostraram a face do governo que está ignorando a população: lama e precariedade.

Os moradores não recebem as explicações do governo, mas veem de perto o caos em que os bairros se encontram. Na Granja as ruas, ainda sem pavimentação, repletas de lama e buracos, colocam os moradores em situação delicada, já que os ônibus urbanos estão deixando de circular por falta de condições de transitar pela via. Somado a isto, caixas de passagem, construídas pela Odebrecht Ambiental, servem de armadilha para veículos que são obrigados a desviar destas e dos buracos. Esta situação causou alagamentos e o esgoto chega a voltar a algumas casas, aumentando o risco de doenças.

O único sinal de explicação do governo municipal é uma placa, fixada no contorno da avenida Aristeu Ferreira da Silva, que indica obras de reurbanização do bairro no valor de R$ 54 milhões. O alto valor da obra é inverso aos serviços que são possíveis de perceber nos bairros.

“É um absurdo. A cada dia que passa e que dialogamos e passamos pelas ruas daquela região, nós vemos o absurdo que é. Várias vezes nós pedimos resposta e não as tivemos. E quando não temos respostas, não se tem mais paciência. Eu, que não moro no bairro, não tenho mais. Imagina aquela população que não tem condições de sair para trabalhar quando chove e de voltar para casa pois a situação das ruas está precária ou até mesmo de andar de ônibus com dignidade por causa da quantidade de buracos que lá se encontram”, disse o vereador Marcel, durante a sessão onde o requerimento foi rejeitado.

Ele disse ainda que o governo deveria seguir o que foi pactuado ou, caso não possa (ou queira) cumprir, que explique os motivos. Assim como estrutura, a falta de diálogo também anda em falta para com a população.

“Nada disso aconteceria se seguissem o que está descrito na placa. Placa essa que, inclusive, está com uma pichação dizendo que é mentira os valores e descrição de serviço que estão postos ali. O que queremos é a condição, enquanto vereador, de chamar o secretário para que ele esteja aqui e diga se a licitação está valendo, se há outra empresa interessada na licitação ou se o governo vai investir ali, ou não ou se o dinheiro foi para o ralo. O que queremos é dar satisfação para as pessoas que nos cobram todos os dias”, finalizou.

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Coletivo GRIOT promove cortejo de bloco afro no Canto do Forte, em Cabo Frio neste domingo (26)

Wine in Búzios 2024 anuncia programação do festival

Palestra em Búzios sobre paisagismo urbano e diversidade vegetal da Região dos Lagos  

Megaoperação policial desmantela império do tráfico do Comando Vermelho em Búzios e outras cidades do país