Menu

Cidades

Luisa Barbosa, a professora

12038098_1501767510145349_5834381759402806727_n

Luisa Barbosa Pereira é professora de sociologia e filosofia no Colégio Estadual João de Oliveira Botas e no Colégio Municipal Paulo Freire.

12038098_1501767510145349_5834381759402806727_nFilha de uma professora de educação física e um professor de matemática e inventor, Luisa queria ser engenheira mecânica, mas ao ingressar numa escola pública de ensino médio técnico da Faetec, na zona norte do Rio de Janeiro seus planos mudaram. Ali, Luisa teve contato mais direto com a desigualdade social e iniciou sua participação no movimento estudantil numa reivindicação pelo bandejão da escola. Desistiu da engenharia e decidiu ser professora. E ao passar pela primeira vez no Colégio Estadual João de Oliveira Botas, não teve dúvidas: era lá que sonhava em lecionar.

Sua ligação com a cidade remonta a década de 1990 quando conheceu Búzios com sua família, que adquiriu uma casa numa vila no Centro de Búzios.

De lá para cá muita coisa mudou. Luisa se formou pela UFRJ em Ciências Sociais, fez doutorado em Sociologia e Antropologia e doutorado na Universidade Nova de Lisboa e no Instituto de Historia Social de Amsterdam. Em 2011 se casou com Tiago Alves Ferreira na Igreja de Sant’Anna e em 2014 foi convocada por concurso público para o Colégio que sonhava lecionar. No mesmo ano, como tinha sido aprovada também em concurso no município, entrou com um mandado de segurança e foi convocada para ser professora também no Colégio Municipal Paulo Freire.

E foi principalmente a partir do seu contato com os alunos, sua paixão pela literatura e sua crença no papel do conhecimento para a transformação positiva da sociedade que Luisa fundou em 2015 o Projeto Cidade Biblioteca.

O Cidade Biblioteca  desenvolve atividades de estímulo ao livro e à leitura na cidade como o sarau da praça, o sarau de quinta, o ponto de leitura da Feira Livre Periurbana, clubes de leitura nas escolas, o programa minuto da poesia no Estação Notícias com Iva Maria, intervalos poéticos na hora do recreio, o cinebiblioteca em parceria com o Búzios Cineclube, campanhas de arrecadação e doação de livros e outras atividades.

Em 2015 recebeu homenagem da Secretaria de Ação Social Trabalho e Renda e da Secretaria de Educação por desenvolver na sua trajetória profissional uma metodologia que promove a igualdade racial, de acordo com as diretrizes previstas no Plano Municipal de Igualdade Racial.

Recebeu também, no ano passado, em setembro, o título de cidadã buziana.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Deputada Marina do MST e Cepro realizam reunião em Rio das Ostras para discutir temas sociais urgentes

Búzios é finalista no prêmio Melhores do ano da gastronomia 2024

Búzios recebe o 3º Encontro de Numismática de 24 a 25 de maio

Agenda cultural do fim de semana na Região dos Lagos