Menu

Cidades

Lançamento de catálogo de espécies nativas de Búzios no Viveiro Aretê

Evento destaca esforços de conservação e apresenta catálogo de plantas nativas de Búzios elaborado por Heloisa Dantas
Crédito: Raul Silvestre
Crédito: Raul Silvestre

O Viveiro Aretê em Búzios reuniu cerca de 50 pessoas, na tarde desta quinta-feira (4), incluindo profissionais de diversos setores do município, para um evento dedicado à preservação ambiental e ao lançamento do catálogo de plantas nativas elaborado por Heloisa Dantas. O evento contou com apresentações de Pedro Bulhões, gestor de engenharia do Aretê no Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário, e da arquiteta, paisagista e bióloga Heloisa Dantas.

Durante o evento, Pedro Bulhões apresentou o projeto do Viveiro Aretê, destacando as realizações e iniciativas voltadas para a preservação da flora local e destacou a importância do trabalho realizado pelo Viveiro na proteção e desenvolvimento de espécies nativas da Região dos Lagos. “Nosso objetivo é produzir mudas que possam ser utilizadas nos projetos de urbanização dos municípios, preferindo sempre as plantas nativas em vez das exóticas”, afirmou Pedro.

Heloisa Dantas, autora do catálogo de 19 espécies vegetais encontradas em Búzios, falou sobre a importância do trabalho realizado e assinou exemplares do livro, que foram distribuídos aos presentes. “Este catálogo é o início do projeto de divulgação dessa vegetação. Só conhecendo podemos preservar”. Ela ressaltou a relevância de identificar, catalogar e proteger as plantas da Região dos Lagos, utilizando-as em projetos de urbanização e ações educacionais.

O Viveiro Aretê não busca apenas contribuir positivamente para a proteção da flora local, também têm como objetivo ser utilizado como um espaço educativo, onde escolas podem realizar atividades com as crianças.

Heloisa Dantas, cuja pesquisa de mais de 20 anos resultou no catálogo lançado, destacou a importância de compreender e preservar a vegetação única da região do Cabo Frio. Ela explicou que a vegetação local é extremamente difícil de se recuperar após o desmatamento, ao contrário da Amazônia, que tem uma capacidade natural de regeneração. “A região do Cabo Frio, que envolve oito municípios, incluindo Búzios, é uma dessas poucas regiões no mundo onde temos espécies muito características e raras”.

O evento também destacou o uso de técnicas sustentáveis no Viveiro, como o sistema de irrigação com água de reuso e a compostagem da própria vegetação. “Estamos comprometidos com práticas sustentáveis, utilizando adubo natural e orgânico, sem agroquímicos”, concluiu Pedro.

Além das apresentações, os participantes presentes puderam conhecer e conferir de perto as plantas catalogadas, expostas no local, o viveiro, e as práticas sustentáveis utilizadas nas áreas onde as mudas são cultivadas, o lago utilizado para irrigação com água de reuso e o sistema de adubagem do viveiro baseado na compostagem de vegetação capinada e roçada no local, garantindo um adubo orgânico e sustentável.

O Viveiro está aberto para visitação desde 2022. Para mais informações e agendamento de visitas escreva para viveiro@aretebuzios.com.br

Lançamento de catálogo de espécies nativas de Búzios no Viveiro Aretê

Evento destaca esforços de conservação e apresenta catálogo de plantas nativas de Búzios elaborado por Heloisa Dantas
Crédito: Raul Silvestre
Crédito: Raul Silvestre

O Viveiro Aretê em Búzios reuniu cerca de 50 pessoas, na tarde desta quinta-feira (4), incluindo profissionais de diversos setores do município, para um evento dedicado à preservação ambiental e ao lançamento do catálogo de plantas nativas elaborado por Heloisa Dantas. O evento contou com apresentações de Pedro Bulhões, gestor de engenharia do Aretê no Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário, e da arquiteta, paisagista e bióloga Heloisa Dantas.

Durante o evento, Pedro Bulhões apresentou o projeto do Viveiro Aretê, destacando as realizações e iniciativas voltadas para a preservação da flora local e destacou a importância do trabalho realizado pelo Viveiro na proteção e desenvolvimento de espécies nativas da Região dos Lagos. “Nosso objetivo é produzir mudas que possam ser utilizadas nos projetos de urbanização dos municípios, preferindo sempre as plantas nativas em vez das exóticas”, afirmou Pedro.

Heloisa Dantas, autora do catálogo de 19 espécies vegetais encontradas em Búzios, falou sobre a importância do trabalho realizado e assinou exemplares do livro, que foram distribuídos aos presentes. “Este catálogo é o início do projeto de divulgação dessa vegetação. Só conhecendo podemos preservar”. Ela ressaltou a relevância de identificar, catalogar e proteger as plantas da Região dos Lagos, utilizando-as em projetos de urbanização e ações educacionais.

O Viveiro Aretê não busca apenas contribuir positivamente para a proteção da flora local, também têm como objetivo ser utilizado como um espaço educativo, onde escolas podem realizar atividades com as crianças.

Heloisa Dantas, cuja pesquisa de mais de 20 anos resultou no catálogo lançado, destacou a importância de compreender e preservar a vegetação única da região do Cabo Frio. Ela explicou que a vegetação local é extremamente difícil de se recuperar após o desmatamento, ao contrário da Amazônia, que tem uma capacidade natural de regeneração. “A região do Cabo Frio, que envolve oito municípios, incluindo Búzios, é uma dessas poucas regiões no mundo onde temos espécies muito características e raras”.

O evento também destacou o uso de técnicas sustentáveis no Viveiro, como o sistema de irrigação com água de reuso e a compostagem da própria vegetação. “Estamos comprometidos com práticas sustentáveis, utilizando adubo natural e orgânico, sem agroquímicos”, concluiu Pedro.

Além das apresentações, os participantes presentes puderam conhecer e conferir de perto as plantas catalogadas, expostas no local, o viveiro, e as práticas sustentáveis utilizadas nas áreas onde as mudas são cultivadas, o lago utilizado para irrigação com água de reuso e o sistema de adubagem do viveiro baseado na compostagem de vegetação capinada e roçada no local, garantindo um adubo orgânico e sustentável.

O Viveiro está aberto para visitação desde 2022. Para mais informações e agendamento de visitas escreva para viveiro@aretebuzios.com.br

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

CBA realiza a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Arrancada em Uberlândia-MG

ONG impacta 5 mil crianças e adolescentes pelo esporte em 27 cidades no país

MPD inicia obras do Trinity: residencial em São Paulo

MSS Experience: Evento de milhas e viagens aterriza em SP

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.