Juiz da 2ª Vara Criminal de Búzios decretou prisão do suspeito de estupros na cidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No último dia 16, o juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Búzios, Marcelo Alberto Chaves Villas, decretou a prisão preventiva de Jonathan Resende de Oliveira, pelos crimes de estupro e roubo.

Na decisão, o magistrado viu indícios suficientes de que o réu tenha estuprado pelo menos duas vítimas na cidade. A dinâmica era a seguinte: Jonathan abordava uma vítima anunciando um assalto e exigindo o carro. No entanto, ele conduzia a vítima até um local para cometer o estupro.

“Houve, portanto, uma progressão criminosa na qual o agente de início tencionava praticar um crime de roubo passando em seguida para a prática de um crime mais grave que se consubstancia, no delito de estupro, que é crime hediondo”, afirma o juiz.

De acordo com o processo, a Certidão de Antecedentes Criminais de Jonathan é extensa. Há registros dos crimes de receptação, porte ilegal de arma e munição, roubo e outro caso de estupro. Uma audiência de instrução e julgamento foi marcada para o dia 07 de março, na Comarca de Búzios.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

CADÊ A LIBERDADE SINDICAL?

Sindipetro-NF denuncia Petrobras por falta de liberdade sindical

OPINIÃO: Desmistificando a entrega voluntária para adoção

DIA DOS PAIS

Shopping Park Lagos, em Cabo Frio, promove show dos Paralamas do Sucesso para celebrar Dia dos Pais

PREVENÇÃO NO TRÂNSITO

Especialista em trânsito alerta sobre riscos de acidentes ao realizar ultrapassagem

Macaé realiza audiência pública sobre “Liberdade Religiosa”

Eleições 2022

Washington Reis aceita convite de Cláudio Castro e será seu vice nas eleições 2022