Menu

Cidades

Juiz da 2ª Vara Criminal de Búzios decretou prisão do suspeito de estupros na cidade

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No último dia 16, o juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Búzios, Marcelo Alberto Chaves Villas, decretou a prisão preventiva de Jonathan Resende de Oliveira, pelos crimes de estupro e roubo.

Na decisão, o magistrado viu indícios suficientes de que o réu tenha estuprado pelo menos duas vítimas na cidade. A dinâmica era a seguinte: Jonathan abordava uma vítima anunciando um assalto e exigindo o carro. No entanto, ele conduzia a vítima até um local para cometer o estupro.

“Houve, portanto, uma progressão criminosa na qual o agente de início tencionava praticar um crime de roubo passando em seguida para a prática de um crime mais grave que se consubstancia, no delito de estupro, que é crime hediondo”, afirma o juiz.

De acordo com o processo, a Certidão de Antecedentes Criminais de Jonathan é extensa. Há registros dos crimes de receptação, porte ilegal de arma e munição, roubo e outro caso de estupro. Uma audiência de instrução e julgamento foi marcada para o dia 07 de março, na Comarca de Búzios.

Juiz da 2ª Vara Criminal de Búzios decretou prisão do suspeito de estupros na cidade

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No último dia 16, o juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Búzios, Marcelo Alberto Chaves Villas, decretou a prisão preventiva de Jonathan Resende de Oliveira, pelos crimes de estupro e roubo.

Na decisão, o magistrado viu indícios suficientes de que o réu tenha estuprado pelo menos duas vítimas na cidade. A dinâmica era a seguinte: Jonathan abordava uma vítima anunciando um assalto e exigindo o carro. No entanto, ele conduzia a vítima até um local para cometer o estupro.

“Houve, portanto, uma progressão criminosa na qual o agente de início tencionava praticar um crime de roubo passando em seguida para a prática de um crime mais grave que se consubstancia, no delito de estupro, que é crime hediondo”, afirma o juiz.

De acordo com o processo, a Certidão de Antecedentes Criminais de Jonathan é extensa. Há registros dos crimes de receptação, porte ilegal de arma e munição, roubo e outro caso de estupro. Uma audiência de instrução e julgamento foi marcada para o dia 07 de março, na Comarca de Búzios.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

BYD Introduz Novo Portfólio de Energia no The smarter E Europe e Comemora 1 Milhão de Sistemas Batterybox Instalados

Empresa explica sobre como evitar a queda de tensão

Nova UTI pediátrica eleva o padrão de atendimento do ICIA

Plataforma gratuita e digital conecta empresas e refugiados a ofertas de emprego

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.