blank
Publicidade

10 passeios imperdíveis para fazer em Maricá

[views count='0' print='1']

Investimento de R$ 270 milhões para o Galeão é anunciado pelo Estado, Prefeitura do Rio e RioGaleão

blank
Assinatura do fundo de fomento a atividade aérea no RIOgaleão Foto: Ascom Setur-RJ
Gustavo Tutuca reforça importância no investimento em novas rotas e aumento no número de voos: “O Galeão é importante não apenas para o turismo, mas para toda a economia do estado”
blank

Uma parceria entre o governo do Estado, a prefeitura do Rio de Janeiro e a RIOgaleão, anunciou a criação de um fundo de investimento de R$ 270 milhões para investimento no setor aeroportuário do Rio de Janeiro. Desse valor, R$ 120 milhões sairão dos cofres públicos estadual e municipal e R$ 150 milhões serão destinados pela RIOgaleão, concessionária responsável por operar o aeroporto. A expectativa é que o acordo gere 684 mil empregos no Estado do Rio de Janeiro ao longo de 10 anos, sendo 300 mil só na capital fluminense.

“Esse é o resultado da união de esforços entre o governo do estado e a prefeitura do Rio, que entenderam a importância do Galeão não só para o turismo, mas para toda a economia do estado. Vencemos a narrativa de que fortalecer o Galeão mataria o Santos Dumont. Pelo contrário, precisamos do equilíbrio para que os dois aeroportos sobrevivam, aumentando o fluxo de passageiros e a geração de emprego e renda, como prevê o plano estratégico Turismo RJ + 10 anos”, disse o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca.

A expectativa é tornar a cidade do Rio ainda mais atraente para companhias aéreas que já operaram no Aeroporto Internacional Tom Jobim ou que têm interesse em atuar, além de incorporar na capital fluminense uma prática de promoção local exercida pelos principais destinos turísticos mundiais.

Publicidade
blank

“A portaria que limita os voos no Aeroporto Santos Dumont já começou a vigorar e, então, iniciamos a retomada da importância do Galeão. Hoje, anunciamos a criação de uma espécie de fundo de investimento de promoção do Rio, com parte de recurso privado e parte da Prefeitura e do governo do estado. Isso vai permitir uma maior promoção do Rio de Janeiro, para que possamos trazer mais companhias internacionais e voos domésticos. Temos aqui as três empresas aéreas brasileiras anunciando seu compromisso com a retomada do Galeão”, afirmou Eduardo Paes.

Como contrapartida ao suporte dado pelo acordo, também estarão todos os incentivos já oferecidos pela concessionária, como descontos tarifários para pousos, permanência e incentivos de marketing. De acordo com o presidente da RioGaleão, Alexandre Monteiro, a concessionária espera alcançar 14 milhões de passageiros em 2024, um crescimento de 77,2% em relação a 2023. O aeroporto recebeu ainda 24 novas rotas e 10 novos destinos entre setembro de 2023 e janeiro de 2024.

Esse é o começo da arrancada do Galeão. O Rio de Janeiro tem a possibilidade de ser um centro de conexão de voos domésticos e internacionais. O crescimento da malha aérea já está acontecendo. O número de assentos já atingiu praticamente 100% do patamar pré-pandemia. Na última semana, operamos, em média, entre 300 e 310 voos diários domésticos e internacionais, com cerca de 43 mil passageiros por dia. Nos destinos internacionais já recuperamos praticamente todos, agora falta aumentar a frequência e a disponibilidade de assentos. Não tenho dúvida de que isso vai acontecer ao longo de 2024 – declarou o Monteiro.

Participaram da cerimônia o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca; o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; o secretário de Desenvolvimento Urbano e Econômico, Chicão Bulhões; o presidente da RIOgaleão, Alexandre Monteiro; o presidente da Gol Linhas Aéreas, Celso Ferrer; o CEO da Latam Brasil, Jerome Cadier; o diretor de Relações Internacionais da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, Fábio Campos; entre outras autoridades.

Redação Prensa de Babel

Publicidade
blank

Mais Lidas

blank

‘Morte Materna Zero’ é tema de treinamento em Búzios

[views count="1" print="0"]
blank

Verão Búzios começa com shows de Carol Biazin e Sandra de Sá no Fishbone

[views count="1" print="0"]
blank

Maricá terá 19 palcos em diversos pontos de folia no Carnaval

[views count="1" print="0"]
blank

A maré tá boa pro Sapato, brother arremata ‘Poder Curinga’ da semana

[views count="1" print="0"]
blank

Procon de Cabo Frio fiscaliza cobrança de consumação mínima na Praia do Peró

[views count="1" print="0"]
blank

Ricardo Alface vence a prova do anjo e entrega monstro aos brothers Gabriel Santana e Domitila

[views count="1" print="0"]

BBB 24

blank

Expulsão Chocante: Wanessa Camargo deixa ‘BBB 24’ após confronto com Davi!

blank

Expulsão Chocante: Wanessa Camargo deixa ‘BBB 24’ após confronto com Davi!

blank
BBB 24

Lucas Henrique é o novo Líder

blank
BBB 24

Lucas Henrique é o novo Líder

blank
BBB 24

Rodriguinho é o décimo eliminado do reality

blank
BBB 24

Rodriguinho é o décimo eliminado do reality

blank
BBB 24

Fernanda, Lucas Henrique e Rodriguinho formam a décima berlinda

blank
BBB 24

Fernanda, Lucas Henrique e Rodriguinho formam a décima berlinda

blank
BBB 24

Beatriz e Isabelle são a última dupla a deixar a Prova do Líder de Resistência do BBB 24

blank
BBB 24

Beatriz e Isabelle são a última dupla a deixar a Prova do Líder de Resistência do BBB 24

blank
BBB24

Deniziane é a nona eliminada do reality

blank
BBB24

Deniziane é a nona eliminada do reality

Últimas Notícias

Expulsão Chocante: Wanessa Camargo deixa ‘BBB 24’ após confronto com Davi!

Expulsão Chocante: Wanessa Camargo deixa ‘BBB 24’ após confronto com Davi!

Programa de Emagrecimento da Amil acompanhou 10 mil em 2023

Programa de Emagrecimento da Amil acompanhou 10 mil em 2023

Abrasel e Sebrae lançam cursos grátis para redução de custos

Abrasel e Sebrae lançam cursos grátis para redução de custos

Autora lança livro sobre os benefícios mentais da Yoga

Autora lança livro sobre os benefícios mentais da Yoga

ABIMAQ lança curso voltado para profissionais da área de energia eólica

ABIMAQ lança curso voltado para profissionais da área de energia eólica

Professores da rede municipal de Cabo Frio avaliam paralisação caso pagamento de salários não seja efetuado até o quinto dia útil de março

Professores da rede municipal de Cabo Frio avaliam paralisação caso pagamento de salários não seja efetuado até o quinto dia útil de março

Publicidade
blank

Veja também