Índia autoriza envio de vacinas contra o Covid-19 para o Brasil

Governo da Índia autoriza exportação de vacinas AstraZeneca/Oxford para o Brasil e Marrocos. A previsão de envio é para esta sexta-feira (22)

O consulado da Índia no Brasil confirmou que o governo indiano autorizou as exportações comerciais de vacinas AstraZeneca/Oxford para o tratamento contra a Covid-19. A informação foi validada pelo secretário de Relações Exteriores indiano, Harsh Vardhan Shringla, à agência de notícias Reuters.

De acordo com o comunicado, as primeiras doses da vacina, que está sendo fabricada pelo Instituto Serum da Índia (SII), devem ser enviadas para Brasil e Marrocos nesta sexta-feira (22).

A vacina AstraZeneca/Oxford foi aprovada pela Anvisa, no último domingo (17), para uso emergencial no Brasil para imunização contra o Covid-19. Segundo revista científica “The Lancet” publicou, em dezembro, o imunizante possui eficácia média de 70,4%, com até 90% de eficácia no grupo que tomou a dose menor.

No Brasil, a produção da vacina Oxford-AstraZeneca está sendo desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz). Com a aprovação da Anvisa, a Fundação fez o pedido emergencial de 2 milhões de vacinas prontas.

Incêndio no Serum

Imagem: Reprodução | AFP

Nesta quinta-feira (21), o prédio do Instituto Serum foi atingido por um incêndio. De acordo com o jornal “Times of India”, cinco pessoas morreram, mas o estoque de vacinas e a indústria onde elas são produzidas estão seguros.

O diretor-executivo da empresa, Adar Poonawalla, afirmou que a unidade que pegou fogo produz vacinas para o rotavírus, e que a estimativa é de que a perda nessa linha de produção será de até 40% do volume de doses.

Comentários