Menu

Cidades

Guarda Ambiental de Búzios e Instituto Larissa Saruê realizam soltura de animais silvestres na APA do Pau Brasil

Juíza Alessandra de Souza elogia a iniciativa que destaca a necessidade de estrutura para o cuidado de animais resgatados em Búzios e promove a conscientização ambiental.
Soltura de animais

Na APA do Pau Brasil, na região da Praia das Caravelas, a Guarda Marítima Ambiental de Búzios, em colaboração com o Instituto Larissa Saruê e com o apoio do Judiciário representado pela juíza Alessandra de Souza, realizou no dia 1º de maio a soltura de animais silvestres, incluindo uma cobra jiboia e gambás. A juíza Alessandra, embora titular em Araruama, é moradora de Búzios há 12 anos e estava substituindo o juiz da cidade durante suas férias.

A soltura desses animais, simbolicamente significativa, ressalta a importância de preservar a fauna local. A juíza Alessandra, que acompanha de perto as questões ambientais da região, elogiou a ação, destacando a necessidade urgente de uma estrutura adequada para o tratamento de animais resgatados em Búzios. Ela ressaltou que a falta de uma clínica veterinária municipal para animais silvestres e comunitários é um dos problemas enfrentados, especialmente no caso dos gambás, que desempenham um papel importante no ecossistema.

A cobra jiboia, apreendida pela Guarda Marítima Ambiental por estar longe de sua mãe, foi encaminhada ao Instituto Larissa Saruê, onde recebeu cuidados e foi preparada para retornar ao seu habitat natural. A juíza enfatizou a importância de não contribuir com o tráfico ilegal de animais silvestres, ressaltando que a serpente foi resgatada e solta, ao invés de ser comercializada.

Além de promover a conscientização sobre a proteção da vida selvagem, a iniciativa também destaca a necessidade de programas de educação ambiental e de apoio aos órgãos públicos locais. A juíza Alessandra enfatizou a importância de fornecer recursos adequados e treinamento para os servidores municipais, demonstrando que eles não estão sozinhos em seus esforços de preservação ambiental.

Guarda Ambiental de Búzios e Instituto Larissa Saruê realizam soltura de animais silvestres na APA do Pau Brasil

Juíza Alessandra de Souza elogia a iniciativa que destaca a necessidade de estrutura para o cuidado de animais resgatados em Búzios e promove a conscientização ambiental.
Soltura de animais

Na APA do Pau Brasil, na região da Praia das Caravelas, a Guarda Marítima Ambiental de Búzios, em colaboração com o Instituto Larissa Saruê e com o apoio do Judiciário representado pela juíza Alessandra de Souza, realizou no dia 1º de maio a soltura de animais silvestres, incluindo uma cobra jiboia e gambás. A juíza Alessandra, embora titular em Araruama, é moradora de Búzios há 12 anos e estava substituindo o juiz da cidade durante suas férias.

A soltura desses animais, simbolicamente significativa, ressalta a importância de preservar a fauna local. A juíza Alessandra, que acompanha de perto as questões ambientais da região, elogiou a ação, destacando a necessidade urgente de uma estrutura adequada para o tratamento de animais resgatados em Búzios. Ela ressaltou que a falta de uma clínica veterinária municipal para animais silvestres e comunitários é um dos problemas enfrentados, especialmente no caso dos gambás, que desempenham um papel importante no ecossistema.

A cobra jiboia, apreendida pela Guarda Marítima Ambiental por estar longe de sua mãe, foi encaminhada ao Instituto Larissa Saruê, onde recebeu cuidados e foi preparada para retornar ao seu habitat natural. A juíza enfatizou a importância de não contribuir com o tráfico ilegal de animais silvestres, ressaltando que a serpente foi resgatada e solta, ao invés de ser comercializada.

Além de promover a conscientização sobre a proteção da vida selvagem, a iniciativa também destaca a necessidade de programas de educação ambiental e de apoio aos órgãos públicos locais. A juíza Alessandra enfatizou a importância de fornecer recursos adequados e treinamento para os servidores municipais, demonstrando que eles não estão sozinhos em seus esforços de preservação ambiental.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

ONC Care da Hill’s traz nutrição de apoio para pets em tratamento oncológico

Projetos de pesquisa do câncer recebem prêmio internacional

São Paulo sedia Campeonato Brasileiro de Remo Master

Especialista alerta sobre novo golpe dos precatórios

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.