Menu

Cidades

Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos começa nesta terça-feira (21), em Macaé

Gratuito e aberto ao público, a programação inclui debates, palestras, atrações culturais e estandes para visitação, especialmente de escolares das redes pública e privada do município.
Cidade Universitária, Macaé. Imagem: Divulgação/Secom Macaé
Cidade Universitária, Macaé. Imagem: Divulgação/Secom Macaé

A fim de criar soluções para problemas socioambientais, a 16ª edição da Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos (FRSEBC) será realizada este ano, de terça (21) a quinta-feira (23), das 14h às 20h, na Cidade Universitária de Macaé, com o apoio da Prefeitura. O tema é “O mundo que queremos, novos desafios e possíveis soluções”. A programação inclui debates, palestras, atrações culturais e estandes para visitação, especialmente de escolares das redes pública e privada do município.

Para a Secretária Municipal de Educação, Leandra Lopes, “A Feira de Responsabilidade Social Empresarial sempre foi realizada em parceria com a Secretaria de Educação. Nossos alunos também apresentam seus trabalhos. Ela é de extrema importância para a conscientização sobre as questões de meio ambiente, vinculadas ao convívio social na escola”.

Mesmo em 2022, quando a feira foi realizada de forma híbrida (remota e presencial), devido à pandemia de covid-19, o evento atraiu mais de 1.500 visitantes. A expectativa é que, este ano, em seu formato original, alcance um público bem maior. A feira, criada pelo jornalista Martinho Santafé (falecido em 2019) e pela Diretora Comercial na Revista Visão Socioambiental, Bernadete Vasconcellos, busca criar espaço de debate para fomento de uma cultura de sustentabilidade, especialmente na Capital da Energia, Macaé.

Bernadete destaca que os temas dos debates, palestras e demais atividades serão acerca dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que integram a ‘Agenda 2030’. Trata-se de um pacto global assinado durante a Cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2015, por 193 países membros. A agenda é composta por 17 objetivos interconectados, desdobrados em 169 metas. Elas visam superar os principais desafios de desenvolvimento enfrentados por pessoas no Brasil e no mundo, promovendo o crescimento sustentável global até 2030.

“A feira acontece em Macaé, mas é um evento regional, outros municípios também virão. Estamos concluindo a grade de palestras, com temas que seguem os ODS. Teremos a presença da sociedade civil, com membros de conselhos de ambiente, de organizações não governamentais (ONGs) e de universidades. Receberemos escolares das redes pública e privada em vários estandes. Estamos fazendo também um chamamento ao empresariado que está em Macaé, onde os impactos acontecem, para que colaborem com o governo e com a sociedade em geral”, enfatiza.

A coordenadora do evento explica que os anteriormente chamados Setores de Responsabilidade Social das empresas, são atualmente denominados ODS. Ela ressalta que este assunto será tratado de forma que o público possa assimilar, especialmente os estudantes.

“O futuro pertence a eles e já não podemos mais perder oportunidades. Nos últimos anos, houve um afrouxamento quanto à questão do empresariado fornecedor da Petrobras adotar ou não dentro de suas empresas o setor de Responsabilidade Social (hoje ODS), que alavancavam projetos que necessitam ser retomados. Os ODS precisam ser cumpridos. São os objetivos do milênio”, completa.

Durante o evento, o poder público, empresas, instituições, movimentos sociais e o terceiro setor dialogarão sobre transições energéticas e outras soluções que possam minimizar impactos às vidas no planeta. Entre os atrativos da XVI Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos estão: apresentações artísticas regionais, artesanato e exibição de audiovisuais de produção local com tema ambiental.

O evento gratuito com o patrocínio da instituição Earthwork, além da Prefeitura de Macaé, recebe e o apoio do Movimento Baía Viva, do Irmane-C Pela Paz, do Nupem/UFRJ, entre outros.

A Cidade Universitária está localizada na Av. Aluizio Silva Gomes, 50, bairro Granja dos Cavaleiros. A programação completa está disponível clicando aqui.

Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos começa nesta terça-feira (21), em Macaé

Gratuito e aberto ao público, a programação inclui debates, palestras, atrações culturais e estandes para visitação, especialmente de escolares das redes pública e privada do município.
Cidade Universitária, Macaé. Imagem: Divulgação/Secom Macaé
Cidade Universitária, Macaé. Imagem: Divulgação/Secom Macaé

A fim de criar soluções para problemas socioambientais, a 16ª edição da Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos (FRSEBC) será realizada este ano, de terça (21) a quinta-feira (23), das 14h às 20h, na Cidade Universitária de Macaé, com o apoio da Prefeitura. O tema é “O mundo que queremos, novos desafios e possíveis soluções”. A programação inclui debates, palestras, atrações culturais e estandes para visitação, especialmente de escolares das redes pública e privada do município.

Para a Secretária Municipal de Educação, Leandra Lopes, “A Feira de Responsabilidade Social Empresarial sempre foi realizada em parceria com a Secretaria de Educação. Nossos alunos também apresentam seus trabalhos. Ela é de extrema importância para a conscientização sobre as questões de meio ambiente, vinculadas ao convívio social na escola”.

Mesmo em 2022, quando a feira foi realizada de forma híbrida (remota e presencial), devido à pandemia de covid-19, o evento atraiu mais de 1.500 visitantes. A expectativa é que, este ano, em seu formato original, alcance um público bem maior. A feira, criada pelo jornalista Martinho Santafé (falecido em 2019) e pela Diretora Comercial na Revista Visão Socioambiental, Bernadete Vasconcellos, busca criar espaço de debate para fomento de uma cultura de sustentabilidade, especialmente na Capital da Energia, Macaé.

Bernadete destaca que os temas dos debates, palestras e demais atividades serão acerca dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que integram a ‘Agenda 2030’. Trata-se de um pacto global assinado durante a Cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2015, por 193 países membros. A agenda é composta por 17 objetivos interconectados, desdobrados em 169 metas. Elas visam superar os principais desafios de desenvolvimento enfrentados por pessoas no Brasil e no mundo, promovendo o crescimento sustentável global até 2030.

“A feira acontece em Macaé, mas é um evento regional, outros municípios também virão. Estamos concluindo a grade de palestras, com temas que seguem os ODS. Teremos a presença da sociedade civil, com membros de conselhos de ambiente, de organizações não governamentais (ONGs) e de universidades. Receberemos escolares das redes pública e privada em vários estandes. Estamos fazendo também um chamamento ao empresariado que está em Macaé, onde os impactos acontecem, para que colaborem com o governo e com a sociedade em geral”, enfatiza.

A coordenadora do evento explica que os anteriormente chamados Setores de Responsabilidade Social das empresas, são atualmente denominados ODS. Ela ressalta que este assunto será tratado de forma que o público possa assimilar, especialmente os estudantes.

“O futuro pertence a eles e já não podemos mais perder oportunidades. Nos últimos anos, houve um afrouxamento quanto à questão do empresariado fornecedor da Petrobras adotar ou não dentro de suas empresas o setor de Responsabilidade Social (hoje ODS), que alavancavam projetos que necessitam ser retomados. Os ODS precisam ser cumpridos. São os objetivos do milênio”, completa.

Durante o evento, o poder público, empresas, instituições, movimentos sociais e o terceiro setor dialogarão sobre transições energéticas e outras soluções que possam minimizar impactos às vidas no planeta. Entre os atrativos da XVI Feira de Responsabilidade Social Empresarial Bacia de Campos estão: apresentações artísticas regionais, artesanato e exibição de audiovisuais de produção local com tema ambiental.

O evento gratuito com o patrocínio da instituição Earthwork, além da Prefeitura de Macaé, recebe e o apoio do Movimento Baía Viva, do Irmane-C Pela Paz, do Nupem/UFRJ, entre outros.

A Cidade Universitária está localizada na Av. Aluizio Silva Gomes, 50, bairro Granja dos Cavaleiros. A programação completa está disponível clicando aqui.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Lipo HD: cirurgião plástico esclarece como é feita

Gestores de indústrias palestram sobre sucesso na gestão

Susana Vieira quita dívida de IPTU em Búzios após processo judicial

Petrobras atualiza valor de dividendos em movimento estratégico

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.