Menu

Cidades

Educação Oceânica é destaque neste sábado em Rio das Ostras

“Iurukuá” promove ações interativas com a comunidade sobre a adoção de hábitos sustentáveis para conservação e saúde dos oceanos e dos seres que o habitam
Divulgação
Divulgação

No sábado (4), a comunidade de Cidade Praiana, em Rio das Ostras, terá a oportunidade de participar de uma programação especial de Educação Oceânica, das 9h às 12h. O evento, que ocorrerá próximo ao Centro de Referência de Assistência Social – Cras, tem entrada gratuita e visa promover uma reflexão sobre os impactos antrópicos (causados pelos humanos) sobre os ecossistemas marinhos e as formas de contribuir para saúde dos oceanos e seus habitantes.

Promovida pelo Projeto Iurukuá, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a iniciativa contará com atividades dinâmicas e interativas, envolvendo os moradores locais. Entre os objetivos da ação está a apresentação da diversidade de tartarugas marinhas brasileiras e as que ocorrem e desovam em Rio das Ostras, além de discutir os impactos da atividade humana nos ecossistemas marinhos, no meio ambiente e possíveis formas de contribuir para a sua conservação.

O professor Vinícius Albano Araújo, coordenador do projeto, destaca a importância da conscientização da comunidade sobre a preservação dos oceanos e seus ecossistemas.

“O Projeto Iurukuá dissemina a Educação Oceânica no estado do Rio de Janeiro, e neste sábado convidamos a comunidade do Jardim Mariléa para uma ação coletiva que possa provocar na população um pertencimento e vontade de contribuir para a preservação dos oceanos. A oficina tem atividades para todas as faixas etárias, com linguagem acessível e inclusiva. Uma oportunidade de compartilharmos ideias sobre mudanças de hábitos que podem contribuir para a natureza”, explica o professor.

A atividade está inserida em uma pesquisa científica do projeto de mestrado do Programa de Pós-Graduação Profissional em Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (NUPEM-UFRJ) e tem o apoio da Prefeitura de Rio das Ostras por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca.

Educação Oceânica é destaque neste sábado em Rio das Ostras

“Iurukuá” promove ações interativas com a comunidade sobre a adoção de hábitos sustentáveis para conservação e saúde dos oceanos e dos seres que o habitam
Divulgação
Divulgação

No sábado (4), a comunidade de Cidade Praiana, em Rio das Ostras, terá a oportunidade de participar de uma programação especial de Educação Oceânica, das 9h às 12h. O evento, que ocorrerá próximo ao Centro de Referência de Assistência Social – Cras, tem entrada gratuita e visa promover uma reflexão sobre os impactos antrópicos (causados pelos humanos) sobre os ecossistemas marinhos e as formas de contribuir para saúde dos oceanos e seus habitantes.

Promovida pelo Projeto Iurukuá, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a iniciativa contará com atividades dinâmicas e interativas, envolvendo os moradores locais. Entre os objetivos da ação está a apresentação da diversidade de tartarugas marinhas brasileiras e as que ocorrem e desovam em Rio das Ostras, além de discutir os impactos da atividade humana nos ecossistemas marinhos, no meio ambiente e possíveis formas de contribuir para a sua conservação.

O professor Vinícius Albano Araújo, coordenador do projeto, destaca a importância da conscientização da comunidade sobre a preservação dos oceanos e seus ecossistemas.

“O Projeto Iurukuá dissemina a Educação Oceânica no estado do Rio de Janeiro, e neste sábado convidamos a comunidade do Jardim Mariléa para uma ação coletiva que possa provocar na população um pertencimento e vontade de contribuir para a preservação dos oceanos. A oficina tem atividades para todas as faixas etárias, com linguagem acessível e inclusiva. Uma oportunidade de compartilharmos ideias sobre mudanças de hábitos que podem contribuir para a natureza”, explica o professor.

A atividade está inserida em uma pesquisa científica do projeto de mestrado do Programa de Pós-Graduação Profissional em Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (NUPEM-UFRJ) e tem o apoio da Prefeitura de Rio das Ostras por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

World Trail Races retorna a Arraial do Cabo pela nona vez

Últimos dias: Mutirão da Catarata tem inscrições somente até o dia 20 de junho

Sindsol Búzios Celebra 28 Anos de História

Projeto Búzios Presente no mês do meio-ambiente promove Eco Trail de Educação Ambiental

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.