Educação de Cabo Frio para por 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Professores em uma das reuniões. Foto: Divulgação
Professores em uma das reuniões. Foto: Divulgação

A semana mal começou e as notícias em Cabo Frio não são boas. Nesta segunda-feira, dia 15, os profissionais da Educação decidiram fazer uma paralisação de 24 horas. O motivo da greve é o não cumprimento, por parte da Prefeitura, do acordo de pagamentos de salários atrasados, que tiveram as datas definidas durante reunião em janeiro, segundo o Sindicato dos Profissionais da Educação na Região dos Lagos (Sepe Lagos).

Cerca de 60% dos servidores se declararam em estado de greve, de acordo com o sindicato da categoria.

Estão atrasados o mês de abril de 2017 e as duas parcelas do 13º salário de 2015, segundo o Sepe; estas últimas deveriam ter sido pagas em março e abril. As demais parcelas acordadas na reunião em janeiro foram pagas corretamente, de acordo com o sindicato.

Publicidade

A Prefeitura Municipal de Cabo Frio informou que o pagamento dos efetivos será encaminhado ao banco nesta segunda-feira, dia 15. E no fim da tarde (desta segunda-feira, 15 de maio), o prefeito Marquinho Mendes se reunirá no gabinete com representantes do Sepe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimas Notícias

Procon de Búzios autua e notifica posto por aumento de combustível

O hoteleiro Carlos Cunha assume cargo de
coordenador estadual de turismo da região da Costa do Sol

Ex-bbb, Juliette Freire, a nova Nazaré Tedesco

Sextou com uma notícia maravilhosa para o bolso dos cidadãos do estado do Rio de Janeiro

Cinco atrizes com histórias em Búzios

Shopping Park Lagos, em Cabo Frio, promove Festival de Tênis de Mesa neste fim de semana