Menu

Cidades

Distrito Federal e mais sete estados decretaram emergencia em razão da epidemia de Dengue

Nesta quinta-feira (7), o Ministério da Saúde divulgou os registros de casos de dengue.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Segundo os dados, o Brasil já registrou 1.318.336 casos prováveis de dengue e já atingiu 343 mortes pela doença. Outras 775 mortes estão em investigação para saber se há relação com a dengue.

Nesta terça (5), o estado de São Paula decretou emergência em razão da epidemia de dengue. Além dele, outros seis estados e o Distrito Federal também decretaram, os estados são: Acre, Goiás, Espirito Santo, Minas Gerais, Santa Cataria e Rio de Janeiro.

De acordo com o Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério, com 451.731 diagnósticos, Minas Gerais segue liderando como o estado com mais casos, em seguida São Paulo (235.447), Paraná (126.922), Distrito Federal (121.433) e o Rio de Janeiro (101.145). Os estados de Goiás (76.932), Espírito Santo (48.706) e Santa Catarina (36.306) também aparecem alto índice de casos prováveis.

Segundo o painel de monitoramento da doença elaborado e atualizado pelo periodicamente pelo Governo Federal, o estado de Minas Gerais apresenta um terço dos casos confirmados de dengue no Brasil e 52 pessoas morreram no estado desde o começo do ano. Além disso, um levantamento divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) no dia 29 apontou que 305 dos 808 municípios analisados no estado estão com risco elevado de transmissão da doença.

O Ministério da Saúde considera em alerta máximo os estados que registram mais de 500 casos na análise do coeficiente de incidência por 100 mil habitantes. Nesta avaliação, o Distrito Federal lidera com 4.310,6 casos a cada 100 mil habitantes.

Outros sete estados também estão nessa lista: Minas Gerais (2.199,4), Espírito Santo (1.270,5), Paraná (1.109,2), Goiás (1.090,4), Acre – que tem 6.565 casos – (790,9), Rio de Janeiro (630,0) e São Paulo (530,0). O estado de Santa Catarina se aproxima desse alerta, com 477,1 casos por 100 mil habitantes.

Distrito Federal e mais sete estados decretaram emergencia em razão da epidemia de Dengue

Nesta quinta-feira (7), o Ministério da Saúde divulgou os registros de casos de dengue.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Segundo os dados, o Brasil já registrou 1.318.336 casos prováveis de dengue e já atingiu 343 mortes pela doença. Outras 775 mortes estão em investigação para saber se há relação com a dengue.

Nesta terça (5), o estado de São Paula decretou emergência em razão da epidemia de dengue. Além dele, outros seis estados e o Distrito Federal também decretaram, os estados são: Acre, Goiás, Espirito Santo, Minas Gerais, Santa Cataria e Rio de Janeiro.

De acordo com o Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério, com 451.731 diagnósticos, Minas Gerais segue liderando como o estado com mais casos, em seguida São Paulo (235.447), Paraná (126.922), Distrito Federal (121.433) e o Rio de Janeiro (101.145). Os estados de Goiás (76.932), Espírito Santo (48.706) e Santa Catarina (36.306) também aparecem alto índice de casos prováveis.

Segundo o painel de monitoramento da doença elaborado e atualizado pelo periodicamente pelo Governo Federal, o estado de Minas Gerais apresenta um terço dos casos confirmados de dengue no Brasil e 52 pessoas morreram no estado desde o começo do ano. Além disso, um levantamento divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) no dia 29 apontou que 305 dos 808 municípios analisados no estado estão com risco elevado de transmissão da doença.

O Ministério da Saúde considera em alerta máximo os estados que registram mais de 500 casos na análise do coeficiente de incidência por 100 mil habitantes. Nesta avaliação, o Distrito Federal lidera com 4.310,6 casos a cada 100 mil habitantes.

Outros sete estados também estão nessa lista: Minas Gerais (2.199,4), Espírito Santo (1.270,5), Paraná (1.109,2), Goiás (1.090,4), Acre – que tem 6.565 casos – (790,9), Rio de Janeiro (630,0) e São Paulo (530,0). O estado de Santa Catarina se aproxima desse alerta, com 477,1 casos por 100 mil habitantes.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Petrobras atualiza valor de dividendos em movimento estratégico

Roadshows: modelo está se adaptando para o mercado do Brasil

Cidades-esponja como solução para a gestão das águas urbanas

Aplicativo possibilita economia para pacientes com diabetes

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.