Menu

Cidades

Deputados aprovam projeto que pode inviabilizar o UBER no Brasil

uber

Em Búzios há um projeto aprovado pela Câmara de Vereadores para proibir  o serviço 

 

Por Victor Viana

download
o vereador Lorram da Silveira (hoje subsecretário de governo e fazenda), no final do seu mandato, encaminhou um Projeto de lei (nº126 /2016), que proíbe o uso de carros particulares para o transporte remunerado de pessoas no município, estando ou não cadastrados em aplicativos ou sites.

Foi aprovado nesta terça-feira (4) o texto base do Projeto de Lei  nº 5587/16, que regulamenta o funcionamento de serviços de aplicativos de transporte como o UBER. No entanto, um trecho do texto original que previa o serviço como de “natureza privada” foi alterado para “natureza pública”, deixando na mão das prefeituras e do distrito federal permitir ou não o funcionamento do UBER em cada cidade.

A medida de mudar o trecho que previa UBER como “modalidade privada” para “modalidade pública” é enxergada pela empresa, e por favoráveis ao serviço, como uma forma inviabilizar o UBER no país.

“Como a emenda tira a parte que diz que é uma atividade privada, transforma em pública. Atividade pública precisa de concessão. Se os municípios não têm legislação montada, você inviabiliza”, disse o relator da matéria, deputado Daniel Coelho (PSDB-PE).

O diretor de comunicação do Uber no Brasil, Fábio Sabba, afirmou que o projeto aprovado não é uma regulamentação, mas uma “proibição”. “Ele pega a tecnologia e a transforma em um táxi.” Em nota, a empresa falou que o projeto aprovado é retrógrado. “O projeto de lei segue agora para o Senado Federal, onde o debate sobre a tecnologia deve continuar, garantindo que seja ouvida a voz de milhões de pessoas no Brasil que desejam ter seu direito de escolha assegurado.”

Do outro lado da pendenga os  deputados favoráveis à tese dos taxistas argumentam, em linhas gerais, que a Uber promove concorrência desleal.

Em Búzios

Desde 16 de dezembro, a Uber começou a operar em Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo e São Pedro da Aldeia.

Em dezembro do ano passado, visando proibir a atuação do aplicativo de transporte Uber em Búzios, o vereador Lorram da Silveira (hoje subsecretário de governo e fazenda), no final do seu mandato, encaminhou um Projeto de lei (nº126 /2016), que proíbe o uso de carros particulares para o transporte remunerado de pessoas no município, estando ou não cadastrados em aplicativos ou sites. O projeto foi aprovado em regime de urgência no mesmo dia ee encaminhado ao Executo para a aprovação. Está na mão do prefeito de Búzios aprovar ou não o UBER.

De acordo com texto, os serviços de transporte de passageiros seriam  mantidos apenas por veículos legalizados pelo município, cuja atividade privativa é restrita ao taxista.   E o descumprimento da Lei implicaria ao infrator a aplicação das penalidades pertinentes à infração de transporte irregular de passageiros.

O projeto proíbe também as contratações e cadastros de estabelecimentos comerciais, cujos serviços incluam o transporte remunerado de passageiros, sem a devida autorização, permissão ou outorga da prefeitura.

São Paulo foi a primeira cidade a criar sua própria regulamentação para o UBER 

Em São Paulo, a regulamentação criada na gestão Fernando Haddad (PT) e atualizada na administração João Doria (PSDB) prevê que as empresas paguem uma taxa progressiva que começa em R$ 0,10 por quilômetro rodado, podendo chegar a R$ 0,40.

No entanto, as empresas têm desconto quando os carros circularem nas seguintes condições: fora do horário de pico, nas áreas periféricas, aos domingos e feriados, na modalidade compartilhada (pool) e com motoristas mulheres. Também terão benefício se usarem carros não poluentes ou acessíveis para deficientes.

https://prensadebabel.com.br/index.php/2017/03/06/uber-em-buzios-a-todo-vapor/

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Deputada Marina do MST e Cepro realizam reunião em Rio das Ostras para discutir temas sociais urgentes

Búzios é finalista no prêmio Melhores do ano da gastronomia 2024

Búzios recebe o 3º Encontro de Numismática de 24 a 25 de maio

Agenda cultural do fim de semana na Região dos Lagos