Menu

Cidades

Corpo da menina decapitada é encontrado pelo Corpo de Bombeiros em Cabo Frio

Foto: Renata Cristiane
Foto: Renata Cristiane
Foto: Renata Cristiane
Foto: Renata Cristiane

Por  Thaiany Pieroni

Uma equipe do corpo de Bombeiros encontrou na manhã desta quinta-feira, 08, mais uma parte do corpo de Maria Luísa, de 10 anos, morta em acidente com uma lancha, no último fim de semana, na Praia do Forte.

O material foi encontrado próximo à entrada do canal do Itajuru, na altura do Canto do Forte. Ainda não se sabe se é o tronco da vítima, parte do corpo que estava desaparecida no mar, já que estava muito inchado.

A Capitania dos Portos levou o resto mortal para a sede da corporação e de lá uma ambulância da Defesa Civil fez a remoção para o IML de Araruama. Somente a perícia dirá qual parte do corpo foi encontrada. 

Sobre o caso – Desde sábado, 03, quando o acidente ocorreu os bombeiros seguem fazendo buscas pelo mar, mas só haviam encontrado algumas parte e a cabeça da menina. Maria Luísa, de dez anos, morreu em um acidente envolvendo uma lancha e uma banana boat, na Praia do Forte.

O condutor da embarcação foi preso e autuado em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal culposa das demais vítimas, mas com menos de 24 horas foi liberado e responderá o processo em liberdade.

Comoção – O caso comoveu a Região e pelas redes sociais o apoio foi grande para a família da vítima.

O salva-vidas Rodrigo Tardelli, do 18°GBM, postou em seu perfil no Facebook um vídeo que já se espalhou pela rede social. No depoimento emocionado, o sargento do Corpo de Bombeiros chora copiosamente ao relembrar a cena da menina de 10 anos que foi decapitada por uma lancha na tarde de sábado, na Praia do Forte, em Cabo Frio.

O guarda ambiental de Búzios, Morel, também se comoveu com o fato, e lamentou a falta de fiscalização. “Imagina a prefeitura autorizar o fluxo de transito normal durante um bloco de carnaval na rua com mil pessoas brincando. É isso que está acontecendo nas praias daqui da região. Eles não interrompem o fluxo de embarcações na orla lotada”, lamentou.

Saiba mais em:

https://prensadebabel.com.br/index.php/2016/12/06/apos-tragedia-do-ultimo-sabado-pessoas-denunciam-prefeituras-de-cabo-frio-e-buzios/

 

Corpo da menina decapitada é encontrado pelo Corpo de Bombeiros em Cabo Frio

Foto: Renata Cristiane
Foto: Renata Cristiane
Foto: Renata Cristiane
Foto: Renata Cristiane

Por  Thaiany Pieroni

Uma equipe do corpo de Bombeiros encontrou na manhã desta quinta-feira, 08, mais uma parte do corpo de Maria Luísa, de 10 anos, morta em acidente com uma lancha, no último fim de semana, na Praia do Forte.

O material foi encontrado próximo à entrada do canal do Itajuru, na altura do Canto do Forte. Ainda não se sabe se é o tronco da vítima, parte do corpo que estava desaparecida no mar, já que estava muito inchado.

A Capitania dos Portos levou o resto mortal para a sede da corporação e de lá uma ambulância da Defesa Civil fez a remoção para o IML de Araruama. Somente a perícia dirá qual parte do corpo foi encontrada. 

Sobre o caso – Desde sábado, 03, quando o acidente ocorreu os bombeiros seguem fazendo buscas pelo mar, mas só haviam encontrado algumas parte e a cabeça da menina. Maria Luísa, de dez anos, morreu em um acidente envolvendo uma lancha e uma banana boat, na Praia do Forte.

O condutor da embarcação foi preso e autuado em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal culposa das demais vítimas, mas com menos de 24 horas foi liberado e responderá o processo em liberdade.

Comoção – O caso comoveu a Região e pelas redes sociais o apoio foi grande para a família da vítima.

O salva-vidas Rodrigo Tardelli, do 18°GBM, postou em seu perfil no Facebook um vídeo que já se espalhou pela rede social. No depoimento emocionado, o sargento do Corpo de Bombeiros chora copiosamente ao relembrar a cena da menina de 10 anos que foi decapitada por uma lancha na tarde de sábado, na Praia do Forte, em Cabo Frio.

O guarda ambiental de Búzios, Morel, também se comoveu com o fato, e lamentou a falta de fiscalização. “Imagina a prefeitura autorizar o fluxo de transito normal durante um bloco de carnaval na rua com mil pessoas brincando. É isso que está acontecendo nas praias daqui da região. Eles não interrompem o fluxo de embarcações na orla lotada”, lamentou.

Saiba mais em:

https://prensadebabel.com.br/index.php/2016/12/06/apos-tragedia-do-ultimo-sabado-pessoas-denunciam-prefeituras-de-cabo-frio-e-buzios/

 

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

Empresa esclarece as diferenças entre os cabos elétricos de 750 V e os de 1 kV

Race kart da Elevar Energia destaca eixo social do ESG

Ecoturista é um amante da natureza que contempla a beleza do local

Shopping Park Lagos terá “Festival Comida de Boteco”

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.