Menu

Cidades

Coletivo GRIOT promove cortejo de bloco afro no Canto do Forte, em Cabo Frio neste domingo (26)

Atividade faz parte do projeto “Labalábá Òkun- Tambores para Iaiá à Beira-Mar”, contemplado em edital pela Lei Paulo Gustavo
Crédito: Ricardo Alvez
Crédito: Ricardo Alvez

O Coletivo GRIOT, de Cabo Frio, promove um cortejo de bloco afro, neste domingo (26), às 16h, no Canto da Praia do Forte. A atividade faz parte do projeto “Labalábá Òkun – Tambores para Iaiá à Beira-Mar”, selecionado no edital “Conexôes Urbanas”, do Ministério da Cultura e da Secretaria de Estado de Cultura e a Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Lei Paulo Gustavo.

O cortejo será uma celebração à Oyá, orixá do panteão Iorubá, com a participação de integrantes do Tambor de Iaiá, grupo de percussão afro-brasileira para mulheres mantido pelo GRIOT; e de outros coletivos, artistas e agentes culturais negros, de dentro e fora Região dos Lagos, como o Afoxé Fiderioman, de São Pedro da Aldeia, e a bailarina e coreografa Aninha Catão, uma das maiores referências em dança afro do país.

Após meses de oficinas e de preparação musical e corporal, o coletivo apresentará ao público os toques e passos característicos de diversas manifestações como Jongo; Afoxé; Maracatu de baque virado e Ciranda de Pernambuco, em reverência à Mestra Lia de Itamaracá. No repertório, pontos, loas e cantigas ligadas à Oyá, e a corte composta de representatividades relacionadas ao orixá. As coreografias e tambores são da Mestra Marcia Fonseca.

“Nosso objetivo é fomentar e difundir a arte e cultura diaspórica africana, protagonizando e visibilizando mulheres, negras e LGBTQIAPN+ em um movimento contra hegemônico, e por isso antirracista, anti-machista e anti LGBTQIAPN+fobia”, explica a produtora executiva e responsável técnica pelo projeto, Márcia Fonseca, que também é a idealizadora e responsável técnica pelo Coletivo GRIOT.

Além do cortejo, a iniciativa cultural oferece ao público uma programação gratuita com outras atividades, tais como palestra, oficinas e apresentações sempre inovadoras, com a observância a diversidade, com estratégias de acessibilidade e de democratização do acesso à cultura. As datas das próximas atividades serão divulgadas posteriormente.

Crédito: Ricardo Alvez

Pode haver alteração na data do cortejo, conforme as condições meteorológicas. Para outras informações, siga os perfis @‌griot_cabofrio e @‌labalaba_okun_griot no Instagram.

Coletivo GRIOT promove cortejo de bloco afro no Canto do Forte, em Cabo Frio neste domingo (26)

Atividade faz parte do projeto “Labalábá Òkun- Tambores para Iaiá à Beira-Mar”, contemplado em edital pela Lei Paulo Gustavo
Crédito: Ricardo Alvez
Crédito: Ricardo Alvez

O Coletivo GRIOT, de Cabo Frio, promove um cortejo de bloco afro, neste domingo (26), às 16h, no Canto da Praia do Forte. A atividade faz parte do projeto “Labalábá Òkun – Tambores para Iaiá à Beira-Mar”, selecionado no edital “Conexôes Urbanas”, do Ministério da Cultura e da Secretaria de Estado de Cultura e a Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Lei Paulo Gustavo.

O cortejo será uma celebração à Oyá, orixá do panteão Iorubá, com a participação de integrantes do Tambor de Iaiá, grupo de percussão afro-brasileira para mulheres mantido pelo GRIOT; e de outros coletivos, artistas e agentes culturais negros, de dentro e fora Região dos Lagos, como o Afoxé Fiderioman, de São Pedro da Aldeia, e a bailarina e coreografa Aninha Catão, uma das maiores referências em dança afro do país.

Após meses de oficinas e de preparação musical e corporal, o coletivo apresentará ao público os toques e passos característicos de diversas manifestações como Jongo; Afoxé; Maracatu de baque virado e Ciranda de Pernambuco, em reverência à Mestra Lia de Itamaracá. No repertório, pontos, loas e cantigas ligadas à Oyá, e a corte composta de representatividades relacionadas ao orixá. As coreografias e tambores são da Mestra Marcia Fonseca.

“Nosso objetivo é fomentar e difundir a arte e cultura diaspórica africana, protagonizando e visibilizando mulheres, negras e LGBTQIAPN+ em um movimento contra hegemônico, e por isso antirracista, anti-machista e anti LGBTQIAPN+fobia”, explica a produtora executiva e responsável técnica pelo projeto, Márcia Fonseca, que também é a idealizadora e responsável técnica pelo Coletivo GRIOT.

Além do cortejo, a iniciativa cultural oferece ao público uma programação gratuita com outras atividades, tais como palestra, oficinas e apresentações sempre inovadoras, com a observância a diversidade, com estratégias de acessibilidade e de democratização do acesso à cultura. As datas das próximas atividades serão divulgadas posteriormente.

Crédito: Ricardo Alvez

Pode haver alteração na data do cortejo, conforme as condições meteorológicas. Para outras informações, siga os perfis @‌griot_cabofrio e @‌labalaba_okun_griot no Instagram.

NOTÍCIAS DE GRAÇA NO SEU CELULAR

A Prensa está sempre se adaptando às novas ferramentas de distribuição do conteúdo produzido pela nossa equipe de reportagem. Você pode receber nossas matérias através da comunidade criada nos canais de mensagens eletrônicas Whatsaap e Telegram. Basta clicar nos links e participar, é rápido e você fica por dentro do que rola na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Faça parte da nossa comunidade no Whatsapp e Telegram:

Se você quer participar do nosso grupo, a gente vai te contar como vai ser agorinha mesmo. Se liga:

  • As nossas matérias chegam pra você a cada 1h, de segunda a sábado. Informações urgentes podem ser enviadas a qualquer momento.
  • Somente os administradores podem mandar os informes e realizar alterações no grupo. Além disso, estamos sempre monitorando quem são os participantes.
  • Caso tenha alguma dificuldade para acessar o link das matérias, basta adicionar o número (22) 99954-6926 na sua lista de contatos.

Nos ajude a crescer, siga nossas redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Tik Tok e Youtube

Veja Também

ONC Care da Hill’s traz nutrição de apoio para pets em tratamento oncológico

Projetos de pesquisa do câncer recebem prêmio internacional

São Paulo sedia Campeonato Brasileiro de Remo Master

Especialista alerta sobre novo golpe dos precatórios

Coluna da Angela

A reprodução parcial deste conteúdo por veículos de comunicação é permitida desde que contenha crédito à Prensa de Babel na abertura do
texto, bem como LINK para o site "www.prensadebabel.com.br"
A supressão da fonte pode implicar em medidas de acordo com a lei de direitos autorais.